Geração Baré Cola - Documentário


Geração Baré-Cola – Usuários de Rock é um documentário longa-metragem que [pela primeira vez na cinematografia nacional] retrata o cenário do rock brasiliense da década de 1990, movimento concretizado em fase posterior ao que a mídia batizou como sendo a “Geração Coca-Cola” – e que, até hoje, acorrenta Brasília como a “Capital do Rock” do Brasil.

Caleidoscopicamente, o filme projeta – ao costurar, por meio de entrevistas e animações, materiais inéditos [de arquivos], imagens VHS e demo-clips – a força da pujante cena roqueira eclodida na cidade a partir dos 90’s. E, só para se ter uma ideia da efervescência musical daqueles tempos, estimava-se existir, no Distrito Federal, mais de 450 bandas atuantes.

Divertido, informativo e, também, historiográfico, Geração Baré-Cola – Usuários de Rock leva ao público uma incrível aventura sonora, repleta de momentos especiais, causos e narrativas bem-humoradas, vivenciadas pelos músicos e suas respectivas bandas. Dentre as quais: Raimundos [banda que atingiu o ápice do mainstream musical brasileiro], Little Quail and The Mad Birds, Maskavo Roots, Oz, DFC, Os Cabelo Duro, Pravda, Restless, Flammea, Dungeon, P.U.S, El Kabong, Os Cachorros das Cachorras, Zona, Kratz, Low Dream, Os Alices, Os Wallaces, Câmbio Negro – entre tantas outras.

FICHA TÉCNICA
Direção, Roteiro, Produção, Fotografia e Pesquisa: Patrick Grosner
Produção Executiva: Andréa Glória
Montagem e Produção: Cleon Homar
Direção de Arte: Pedro Daldegan
Design Gráfico: Bruno Schurmann
Animação: Didiu Rio Branco
Videografismo: Ernani Pelúcio
Design de Som: Guilherme Negrão
Colorização: Luca Leocádio
Digitalização: Celso Marques
Produção de Finalização: Adriana Copetti
Produção: Cor Filmes  ⁠⁠⁠
Documentário. 73'. DCP/35mm. cor. Brasília.
Produção 2014. Lançamento 2017.

ACOMPANHE A PÁGINA DO FILME NO FACEBOOK: https://goo.gl/iwyMZi





Veja também:
Paulo Marchetti - Entrevista "O Rock de Brasília de 1976 a 1986 e o livro"

0

Willy Verdaguer + Humahuaca ao vivo no Totem Prog Festival 2018

Willy Verdaguer + Humahuaca - Foto: Cesar Gavin

Filmado por Cesar Gavin
Gravado ao vivo no Teatro UMC em 22/04/2018 - Festival Totem Prog

Willy Verdaguer + Humahuaca:

Willy Verdaguer: baixo
Nando Thomaz: bateria
Thiago Lima: guitarras
Derico Sciotti - sax e flautas
Lucas Vargas: teclados e acordeon

Slide de fotos por Cesar Gavin

Humahuaca


Set List
00:00 - Camerata do Xadrez
03:28 - Martelo
06:34 - Montanhas
11:35 -  Alegria, Alegria (Caetano Veloso)
14:15 - Pulomelu a Criação do Mundo
26:32 - Amor (Secos & Molhados)
29:53 - O Padre
34:18 - Coliseu Romano
37:30 - Galho de Arruda

0

Cazuza - A história do álbum "Ideologia"


Produzido por Cazuza, Ezequiel Neves e Nilo Romero
Polygram, 1988
Cazuza – vocal
Nilo Romero – baixo
Ricardo Palmeira – guitarra
William Magalhães
João Rebouças – teclados
Sergio Della Monica / Claudio Infante – bateria

Em 21 de abril de 1988, Cazuza lançou seu 3° disco solo 'Ideologia'. Os destaques são “Brasil”, “Blues da Piedade”, “Faz Parte do Meu Show” e a faixa título. Discaço clássico!
Data exclusiva #efemerides_do_rock_brasileiro

Em rede social, Guto Goffi (baterista do Barão Vermelho) comentou que: "Essa capa foi censurada pela comunidade judaica por conter a Cruz suástica dentro da estrela de David. Como os lojistas de discos eram 90%, judeus, o pedido foi prontamente atendido e a Cruz suástica foi banida da capa do LP IDEOLOGIA. Pequenos detalhes da história."



"Ideologia" -videoclipe




Cazuza - A história do álbum "Ideologia"  
Programa O Som do Vinil (Canal Brasil)
Apresentado por Charles Gavin
Exibição em 23 de Mai de 2014.




Veja também:




Artistas homenageiam Barão Vermelho
0

The Bells - Álbum homônimo de 1966 relançado em CD


RGE, 1966
Relançado por Discobertas em 2018

Segundo álbum da banda paulista pela RGE, lançado pela gravadora em 1966. Produzido por Julio Nagib, com destaque para uma inédita de Roberto & Erasmo (O Muro de Berlim) e para versões de duas canções dos Beatles, "Girl" e "Don't Bother Me" - essa marcando a primeira gravação brasileira para uma música de George Harrison.

0

Lux Aeterna, o som experimental da família Golfetti

Foto: divaulgação

Lux Aeterna é um projeto musical criado por Fabio Golfetti e Gabriel Golfetti em 2018, inspirado na música contemporânea experimental e games. A dupla estreia com o lançamento do single “Parallax”, apresentando seu som atmosférico e espacial.

Fabio Golfetti é guitarrista e cantor, fundador da banda de rock psicodélico Violeta de Outono, e o atual guitarrista da lendária banda franco-inglesa Gong. Gabriel Golfetti, seu filho, é um multi-instrumentista, que também toca baixo na banda Stratus Luna.

Fabio Golfetti – guitarra
Gabriel Golfetti – teclados e guitarra

0

Pato Fu ao vivo (fotos do show - Sesc Santana)

Pato Fu - Foto: Leandro Almeida



O show será baseado no recente álbum "Música de Brinquedo 2", e o Pato Fu trará mais versões de clássicos da música pop nacional e internacional, interpretados com a ajuda de brinquedos, instrumentos em miniatura, monstros cantantes e muito mais.

Entre as canções que ganharam versões "de brinquedo" estão Severina Xique-Xique, clássico de Genival Lacerda, e "Kid Cavaquinho", conhecida na voz de Maria Alcina. A mistura de estilos e línguas típica desse projeto segue firme com "Datemi Un Martelo" (Rita Pavone) e "Livin La Vida Loca" (Ricky Martin), além de "Private Idaho" (The B 52's) e "Every Breath You Take" (The Police), que soam como uma declaração de amor aos anos 80, maior fonte de inspiração da banda. O rock nacional também se faz presente com "Mamãe Natureza" (Rita Lee), "I Saw You Saying", dos Raimundos e "Rock da Cachorra" de Eduardo Dusek. "Não Se Vá" (Jane e Herondy) revela os dramas pessoais de Ziglo e Groco, monstrinhos que acompanham a banda nas turnês. 

O Pato Fu continua sendo formado pelo núcleo original Fernanda Takai, John Ulhoa e Ricardo Koctus. Glauco Mendes (bateria) e Richard Neves (teclados) completam a banda, que para esse show conta também com Thiago Braga e Camila Lordy pilotando os mais variados tipos de brinquedos e miniaturas. Nos vocais de apoio: Groco e Ziglo, monstrinhos criados pelo Grupo Giramundo de Bonecos, manipulados pelos mestres Marcos Malafaia, Beatriz Apocalypse e Ulisses Tavares.

Slide de Fotos por Leandro Almeida

Show - Pato Fu - SESC Santana - 07-04-2018
0

Stratus Luna ao vivo no Totem Prog Festival 2018



Grupo paulistano inspirado principalmente pelo rock progressivo da década de 70 e várias vertentes contemporâneas do rock e do jazz.

Filmado e fotografado por Cesar Gavin
Gravado ao vivo no Teatro UMC em 22/04/2018 - Festival Totem Prog
Produção Mosh Mosh

Stratus Luna é:
Giovanni Lenti: bateria
Ricardo Santhiago: guitarras
Gabriel Golfetti: baixo e teclado
Gustavo Santhiago: teclados, flautas e sitar

2

Livro: "Barítono" de Rodrigo Carneiro


Livro: Barítono
Autor: Rodrigo Carneiro
Editora: Terreno Estranho, 2018

Das ruas de Osasco para os palcos do underground paulistano (e brasileiro) e, agora, para as páginas de um livro: a trajetória de Rodrigo Carneiro está entrelaçada com a cena alternativa nacional desde os anos 1990, como frontman da banda Mickey Junkies, mas também atuando como jornalista e, obviamente, aprimorando seus experimentos poéticos por meio de performances de spoken word.

Barítono, o seu livro de estreia lançado pela editora Terreno Estranho, reúne em 80 páginas um recorte significativo da sua produção. Nesse volume, Carneiro nos presenteia com versos repletos de referências ao punk, à literatura beat e à cultura pop, mas que também tratam de sexo, sentimentos e fragmentos do cotidiano.

O prefácio da obra é assinado pelo escritor Xico Sá, parceiro de boêmia e também de poesia nos Trovadores do Miocárdio, que resume em uma sentença o impacto e o estilo da escrita de Rodrigo: “Que bonito, velho”. Barítono também conta com as ilustrações do gaúcho Diego Gerlach (Vibe Tronxa Comix).

A pré-venda está no ar: 
Travessa: https://bit.ly/2vCmzUu
Cultura: https://bit.ly/2qVCYxP
Locomotiva: https://bit.ly/2HWWli8

Veja também:
Entrevista - Rodrigo Carneiro - Entrevista "Mickey Junkies e o Affair Redivivo"

0

Sent U Feelin' + Robertinho de Recife ao vivo

Sent U Feelin' - Foto: Cesar Gavin

Filmado e fotografado por Cesar Gavin
Gravado ao vivo no Teatro UMC em 22/04/2018 - Festival Totem Prog
Produção Mosh Mosh

Sent U Feelin'  é:
Thadeu Galvani
Luiz Tepedino
Pedro Neves
Gustavo Von Borell
Victor Hugo

Sent U Feelin' + Robertinho do Recife - foto: Cesar Gavin


0

Régis Tadeu - A Música Brasileira Vai Mal? Você Que Pensa... – Capítulo 1

Regis Tadeu


Apresentação e Produção: Regis Tadeu

A Música Brasileira Vai Mal? Você Que Pensa... – Capítulo 1

Não canso de ouvir gente dizendo que a música brasileira vai de mal a pior. Mentira! Pelo contrário, vivemos uma ótima época musical aqui no Brasil, mas isso não chega às TVs, rádios e grandes portais de comunicação – o que é chamado lá fora de “mainstream”.

Cansado de explicar isso, resolvi fazer este vídeo em que apresento cinco ótimos nomes da cena nacional que estão fazendo um trabalho brilhante. Escolhi essa turma aleatoriamente, pois o que tem de gente com ótimos sons por aí daria para fazer um vídeo com 358 horas de duração.

Este é o primeiro capítulo de uma série em que pretendo mostrar que a música brasileira vai muito bem. Você é que é um tremendo preguiçoso na hora de pesquisar...


Links dos artistas citados:

MAHMUNDI:
"Calor do Amor" - https://www.youtube.com/watch?v=vPMVP
"Imagem" - https://www.youtube.com/watch?v=8sEab
"Azul" - https://www.youtube.com/watch?v=Ne_CA
"Leve" - https://www.youtube.com/watch?v=kuoc3
"Hit" - https://www.youtube.com/watch?v=Mg_DK

PAULA CAVALCIUK:
"Morte & Vida" (álbum completo) - https://www.youtube.com/watch?v=bq504

FÁBIO GÓES:
"Sem Mentira" - https://www.youtube.com/watch?v=Oe3VK
"Sol no Escuro" - https://www.youtube.com/watch?v=EfINx 
"Lembranças" - https://www.youtube.com/watch?v=XULZ_
"Frágil" - https://www.youtube.com/watch?v=8wYde
"Nada Demais" - https://www.youtube.com/watch?v=lt1yI 

RICARDO VIGNINI:
"Rebento" (álbum completo) - https://www.youtube.com/watch?v=PgQuP

AUTORAMAS:
"Quando a Polícia Chegar" - https://www.youtube.com/watch?v=Rdu-8
"Verão" - https://www.youtube.com/watch?v=aJSYU
"Problema Seu" - https://www.youtube.com/watch?v=u9JNj 
"Demais" - https://www.youtube.com/watch?v=jghAi
"A Sua Vinda Até Aqui" - https://www.youtube.com/watch?v=Zbh-Q

Veja também:

Regis Tadeu -Entrevista no Vitrola Verde

0

Violeta de Outono ao vivo no Totem Prog 2018

Fabio Golfetti (Violeta de Outono) - Foto: Cesar Gavin


Filmado e fotografado por Cesar Gavin
Gravado ao vivo no Teatro UMC em 22/04/2018 - Festival Totem Prog

Violeta de Outono é:
Fabio Golfetti - guitarras e voz
Gabriel Costa - baixo
Fernando Cardoso - órgão Hammond, pianos e synth
José Luiz Dinola  - bateria


O repertório é da trilogia progressiva (Espectro, Spaces eVolume 7).

Setlist
00:00 - Formas-Pensamento
02:14 - Algum Lugar
06:42 - Júpiter
12:14 - Solstício
19:41 - Além do Sol
24:53 - Fronteira
35:56 - Parallax T-Blues

Veja também:


Violeta de Outono ao vivo em 2017 no Sesc Pompéia
0

Programa É Noize #010

Paulinho Heavy com a banda Kamboja - Foto: Divulgação

Programa É Noize (All TV)
Apresentação: Paulinho Heavy
Data: 20/04/2018
Participação: Kamboja

1

Odair José - LP “O Filho de José e Maria” no O Som do Vinil

Charles Gavin


Programa o Som do Vinil (Canal Brasil)
Apresentado por Charles Gavin
Dirigido por Gabriela Gastal e Charles Gavin
Exibição em 16 de setembro de 2016


Charles Gavin recebe Odair José para um bate-papo sobre o disco “O Filho de José e Maria”, lançado em 1977.




Veja também: 

Odair José - Entrevista "Moral Imoral e Ópera Rock" - Vitrola Verde

0

Barão Vermelho - "Barão Pra Sempre" (Álbum)


O Barão lançou nas plataformas digitais o álbum "Barão Pra Sempre". No ano passado o grupo apresentou a nova formação no Circo Voador (Rio de Janeiro) lotado, no show de lançamento da turnê que segue pelo país. 

A vontade de estar juntos, tocando e compondo, é o que move Maurício Barros, Guto Goffi, Fernando Magalhães e Rodrigo Suricato.  Ao longo desse período na estrada, os fãs saíam dos shows perguntando onde poderiam ouvir aquelas músicas do jeito que ouviam nos shows e recentes apresentações na televisão.  “Barão Pra Sempre” é um álbum com alguns sucessos de uma das maiores bandas de rock do Brasil, gravados no final de 2017, ainda com Rodrigo Santos no baixo. 

O Barão já está em estúdio preparando o novo disco de inéditas que será lançado no segundo semestre de 2018.  Vida longa ao Barão!

Ouça aqui
0

Medusa Trio + Robertinho de Recife ao vivo

Medusa Trio com Robertinho de Recife - Foto: Cesar Gavin


Filmado e fotografado por Cesar Gavin
Gravado ao vivo no Teatro UMC em 22/04/2018
Festival Totem Prog

Medusa Trio é:
Milton Medusa - guitarra
Fernando Tavares - baixo
Luis Pagoto - bateria

Participação Robertinho de Recife - guitarra

Slide de fotos

Medusa Trio + Robertinho de Recife ao vivo

Setlist:
0:13 - O Blues do Rock
03:09 - Anos 70
08:34 - While My Guitar Gently Weeps




Veja também


Resenha do CD por Luiz Domingues
0

Plebe Rude "Primórdios" (1981-1983) - Álbum

Plebe Rude - Foto: Divulgação

Em sua melhor fase, a Plebe Rude apresentou – no final de 2017 – em São Paulo, um show com canções inéditas, compostas entre 1981 e 1983 (últimos anos da Ditadura Militar, que influenciou diretamente o trabalho do grupo).

Produzido pelo showlivre.com, o show, que também resultou num álbum ao vivo, contou com 17 faixas na setlist – dentre elas, nove inéditas. Com a ideia de resgatar a memória e a realidade da formação original quando compôs o repertório, o cenário foi todo adaptado para reproduzir o ambiente das antigas casas noturnas onde a Plebe costumava tocar.

Batizado de Primórdios, o álbum está disponível em todas as plataformas de streaming com uma novidade: a versão estúdio de “Disco em Moscou”.

Setlist:

01 - Cavalaria Rusticana - 00:00:21
02 - Nada (original) - 00:01:28
03 - Bandas BSB - 00:03:20
04 - Pressão Social - 00:07:30
05 - Tá com Nada - 00:11:21
06 - Pirataria - 00:13:36
07 - Consumo - 00:16:45
08 - Dança do Semáforo - 00:21:31
09 - Gritos no Escuro - 00:24:55
10 - Sexo e Karate - 00:26:34
11 - Festas - 00:29:23
12 - Moda - 00:32:24
13 - Voto em Branco - 00:36:18
14 - Ditador - 00:45:50
15 - 48 Horas - 00:45:17
16 - Voz do Brasil - 00:48:23
17 - Disco em Moscou - 00:51:38
18 - Censura - 00:57:08

0

Lucinha Turnbull - 65 anos de idade Planeta ESPM

Lucinha Turnbull - foto: divulgação





Planeta ESPM - Entrevista "primeira mulher a tocar guitarra profissionalmente no Brasil" - Bloco 1



Bloco 2


Bloco 3

0

Programa É Noize #009

Paulinho Heavy com a banda Trezzy

Programa É Noize (All TV)
Apresentação: Paulinho Heavy
Data: 13/04/2018
Participação de Trezzy

0

Odair José - Entrevista "Moral Imoral e Ópera Rock"



Programa Vitrola Verde
Direção , edição, pauta e apresentação: Cesar Gavin
Trilha Vitrola Verde: "Rock" (Mario Fabre)
Convidado: Odair José (músico, cantor e compositor)

"Moral Imoral e Ópera Rock"

1

Frank Gasparotto (músico) comenta "Barão Vermelho Ao Vivo MTV (CD / DVD)"


Direção, pauta e edição: Cesar Gavin
Filmado por Toni Estrella
Trilha Vitrola Verde: "Rock" (Mario Fabre)

Frank Gasparotto - foto: divulgação

Convidado: Frank Gasparotto (guitarrista da banda Masmorra, ex-baixista do Kamboja)

Barão Vermelho Ao Vivo MTV (CD / DVD)
Warner, 2005
Produzido por Barão Vermelho, Ezequiel Neves e Maurício Barros

Gravado no Circo Voador, no Rio de Janeiro, nos dias 19 e 20 de Agosto de 2005, o álbum reúne grande parte dos sucessos da banda, como Maior Abandonado, Pro Dia Nascer Feliz, Bete Balanço, Down em Mim, Puro Êxtase, entre outros.  Destaca-se uma participação especial virtual de Cazuza na canção Codinome Beija-Flor, através de vídeos do cantor no telão e da inclusão de sua voz, em dueto com o vocalista Roberto Frejat.






MASMORRA: www.facebook.com/masmorrarock
VITROLA VERDE: https://www.vitrolaverde.com.br
0

Primavera nos Dentes Ao vivo (Show Completo)

Primavera nos Dentes - Foto: Cesar Gavin

Filmado e fotografado por Cesar Gavin em 23/03/2018 no Sesc Pompéia (São Paulo / SP)
Imagens: Vitrola Verde
PRIMAVERA NOS DENTES: https://www.primaveranosdentes.com 
VITROLA VERDE: https://www.vitrolaverde.com.br

Primavera nos Dentes é uma releitura / tributo ao grupo Secos & Molhados.
Formação:
Charles Gavin (bateria)
Paulo Rafael (guitarra)
Pedro Coelho (baixo e vocais)
Duda Brack (voz)
Felipe Ventura (violino, guitarra e vocais)

Slide de Fotos

Primavera nos Dentes - Sesc Pompéia

Setlist:
00:00:00 - Sangue Latino
00:06:21 - Angústia
00:09:38 - Fala
00:13:08 - Não Digas Nada
00:15:25 -Terceiro Mundo
00:18:30 - O Doce e o Amargo
00:22:45 - Delírio
00:26:00 - O Patrão Nosso de Cada Dia
00:32:40 - O Vira
00:36:55 - Primavera Nos Dentes
00:40:36 - Rosa de Hiroshima
0044:35 - El Rey
00:48:50 - Tem Gente Com Fome
00:51:12 - O Hierofante
00:56:50 - Agradecimentos
01:00:39 - Flores Astrais 01:04:47 - Amor

Show completo

0

A Sétima Efervescência de Júpiter Maçã é reeditado em LP




Monstro Discos relança "A Sétima Efervescência" em Edição Ouro  

No ano em Flávio Basso completaria 50 anos de vida, a gravadora Monstro Discos relança o cultuado A Sétima Efervescência.  Um dos objetivos que o músico Flávio Basso (1968-2015) – também conhecido pelas alcunhas de Júpiter Maçã, Woody Apple e Júpiter Apple – tinha, ainda em vida, era reeditar seu mais emblemático álbum – A Sétima Efervescência (gravado em 1996 nos estúdios da gravadora porto-alegrense Acit). Basso é uma das maiores lendas do rock brasileiro de todos os tempos: nos anos 80, antes de sua translação para o “planeta” Júpiter, foi mentor de duas das mais influentes bandas do chamado “rock gaúcho”, até hoje, reconhecidas nacionalmente: TNT e Cascavelletes. 

O relançamento de A Sétima Efervescência, em vinil duplo (a tiragem é de mil exemplares, sendo que, destas, 300 são vinis coloridos contendo encarte com textos e fotos. Especificações abaixo), na verdade, é o primeiro de uma série de resgastes de registros importantes do rock brasileiro que Monstro Discos irá pôr no mercado nos próximos meses. “Batizada de Série Ouro, trata-se de um resgate de discos raros ou fora de catálogo, para os quais, hoje em dia, há um buraco no mercado”, afirma o produtor Leo Bigode. 

Para a reedição – assim como no caso dos demais relançamentos da Série Ouro (que inclui discos de bandas como Os Cabeloduro, Korzus e Muzzarellas) –, foram mantidos capas e acabamento originais. No de A Sétima Efervescência, a remasterização sonoraficou a cargo de Egisto dal Santo, que, além de ter integrado bandas lendárias como a Colarinhos Caóticos, foi produtor de outros artistas do cast do selo Antídoto, da gravadora Acit, a exemplo da Tequila Baby. 

Gravado durante as madrugadas de agosto (da meia-noite até às 8h da manhã) de 1996, Egisto estima que o disco tenha gastado, ao todo, cerca de 200 horas para ser concluído. Para o produtor, A Sétima Efervescência, sem dúvida, ainda hoje é um marco na produção do dito “rock gaúcho”. E, na cabeça de Flávio, ele acrescenta, não foi uma simples viagem e, sim, uma estética milimetricamente pensada. “Nada ali [no disco] é à toa”, afirma Egisto. 

Jupiter Maça - Foto: André Furtado

A Sétima Efervescência – No regresso de uma jornada relâmpago pelo folk dylanesco, no começo da década de 90, como Woody Apple, o compositor Flavio Basso (ex-Cascavelletes e TNT) inaugurou sua fase elétrico-psicodélica ao empunhar novamente a guitarra e assumir a alcunha de Júpiter Maçã. Montou a banda Júpiter Maçã & os Pereiras Azuiz e gravou a fita demo Ao Vivo na Brasil 2000 FM, de 1995, que já antecipava parte das músicas que entrariam no repertório de A Sétima Efervescência, lançado pelo selo Antídoto/ACIT. 

No estúdio, a lisergia das canções originais (sedimentada pela irmanada dupla Glauco e Emerson Caruso; bateria e guitarra, respectivamente) foi valorizada com sofisticadas orquestrações, arranjadas pelo músico Marcelo Birck, que se completam com participações especiais de artistas como Frank Jorge (Graforréia Xilarmônica e ex-Cascavelletes). O clima de ousadia experimental está presente em todas as faixas do disco: em “Pictures and Paintings”, “Querida Superhist x Mr Frog” e “The Feaking Alice (Hippie Undergroove)”, a consciência perturbadora de Syd Barrett influencia diretamente o artista. No encarte do disco, Júpiter agradece aos gnomos de estúdio “que mexiam nos controles, sem autorização, para melhores resultados”. 

Nos shows, após a saída dos irmãos Caruso, a banda teve como substitutos a histórica dupla Marcelo Gross e Julio Cascaes, os quais permaneceram com Júpiter Maçã ao longo de toda a fase do disco do A Sétima Efervescência. Ainda hoje, os shows realizados pelo trio são considerados antológicos, a exemplo de quem pôde os ver tocando em ocasiões como o Abril pro Rock, no ano de 1996, responsável por chamar a atenção da imprensa especializada do Brasil todo tanto para a banda quanto para o disco, que ganhou as páginas dos principais jornais brasileiros. 

Grande foi o número de bandas que emulou as simbologias mod resgatadas do túnel do tempo – mas apontadas para o futuro – por Júpiter Maçã em A Sétima Efervescência. Mas a influência também foi sonora: o hino “Lugar do Caralho” foi gravado por Wander Wildner e “Miss Lexotan 6mg Garota” ganhou uma versão da banda Ira!  E, o sucesso de crítica, indiscutível. Em 2007, o discofoi eleito, numa votação feita com 50 especialistas, “O Melhor Disco de Rock Gaúcho de Todos os Tempos”. Em 2011, também foi colocada na revista Rolling Stone Brasil entre os “100 Maiores Discos da Música Brasileira”.   

A Sétima Efervescência – Série Ouro  (São dois tipos de discos) 
Especificações:   
TIPO 1:  Álbum duplo  Capa “gatefold”  Vinil preto 180g  Alta qualidade  Remasterizado para edição   
TIPO 2:  Edição especial limitada para “hard fãs”  Álbum duplo  Capa “gatefold”  Vinil azul 180g  300 discos somente – numerados à mão (encarte com as letras e fotos inéditas da época) 
0

Charles Gavin - "O Anjo da Guarda" - Uma homenagem para Rolando Castello Junior



Uma homenagem para Rolando Castello Junior
Direção, pauta e edição: Cesar Gavin
Filmado por Sofia Gavin
Trilha Vitrola Verde: "Rock" (Mario Fabre)

Convidado: Charles Gavin (baterista, produtor e apresentador). Integrante da banda Primavera nos Dentes; apresentador do programa O Som do Vinil; ex-integrante das bandas Titãs, Ira!, RPM, Panamericana, Cabine C, Zero Hora e RPM.

Uma homenagem para o baterista Rolando Castello Junior do Patrulha do Espaço. Junior também tocou nas bandas Made In Brazil, Inox, Aeroblues e Quantum.




Veja também:

Charles Gavin - Entrevista: "Repressão, porradas e bateria imaginária"



Rolando Castello Junio no Vitrola Verde

0

Masmorra ao vivo (Lançamento do EP)

Masmorra - Foto: Cesar Gavin

Filmado por Cesar Gavin
Imagens: Vitrola Verde
Gravado no Espaço Som em 05/04/2018 (São Paulo, SP)

Masmorra é:
Ricardo Peres: vocais
Ronaldo Martins: guitarra base / backing vocals
Frank Gasparotto: guitarra solo
Airton Peres: baixo
Toni Estrella: bateria

Slide de fotos
Masmorra


0

Érika Martins - Entrevista #3 "O Louco Amor com a Gang 90 & Absurdettes"



Programa Vitrola Verde
Direção e apresentação: Cesar Gavin
Fotografia: Marcelo Panda
Trilha Vitrola Verde: "Rock" (Mario Fabre)
Convidada: Érika Martins (cantora, musicista e compositora) das bandas Autoramas e Lafayette e os Tremendões; carreira solo e ex-Penélope

O Louco Amor com a Gang 90 & Absurdettes" 




Veja também

Érika Martins - Entrevista #1 "Penélope e carreira solo"



Gabriel Thomaz e Érika Martins - Entrevista #2 "Autoramas / Lafayette e os Tremendões"

1

Programa É Noize #008

Frank Blackfire no Programa É Noize

Programa É Noize (All TV)
Apresentação: Paulinho Heavy
Data: 06/04/2018
Participação de Frank Blackfire

"É Noize - Sessions", quadro gravado no Orra Meu Estudios. A estreia não podia ser melhor, com nosso amigo e lenda Frank Blackfire, guitarrista do Sodom, Assassin (ex-Kreator) tocando com sua excelente banda; André G Mellado e Pedro Alzaga.

O programa vai ao ar às 20h no Facebook do É Noize (e no da AllTV www.facebook.com/alltvbrasil)

0

Leiloca (ex-Frenéticas) no Veja Música

Sergio Martins e Leiloca

Programa Veja Música
Apresentação: Sergio Martins
Data:10/04/2018
Matéria completa no link aqui

"O mundo está muito careta hoje em dia"

A integrante das Frenéticas, um dos principais grupos do pop nacional dos anos 70, recorda os tempos do desbunde - período em que, apesar da repressão, as pessoas eram muito mais abertas a experiências. Leiloca fala também de astrologia, uma de suas paixões, e de como foi seu namoro com o roqueiro Raul Seixas.

0

Melvin & Os Inoxidáveis - Melvin & Os Inoxidáveis (EP)



Release:

Está chegando às principais plataformas virtuais o EP de estreia de Melvin & os Inoxidáveis.

A banda debutou no milésimo show do Melvin, ocasião em que o músico, com passagens por Carbona, Autoramas, Los Hermanos, Wander Wildner e muitas muitas outras, passou também a cantar e tocar guitarra.

A formação foi escolhida a dedo - Rodrigo Barba (Los Hermanos) na bateria, gugabruno (Lasciva Lula) na guitarra e Marcelão de Sá no baixo, além dos teclados de Fabrizio Iorio na gravação.

Após um ano de estrada, chega o primeiro registro, com composições de Guga Bruno (“Mil Vezes Mais”, sobre o milésimo show e primeira a ganhar um clipe), Homobono (“Coração Zumbi” e a bela “Eu Cuido de Tudo”, o próximo clipe) e Do Amor (Marcelo Callado e Gustavo Benjão compareceram com a titânica “Obrigado, Ringo”), além de uma cover da banda argentina El Mató a Un Polícia Motorizado (“Más o Menos Bien”).

O EP faz parte parte de um projeto maior, que inclui o lançamento do primeiro livro de Melvin, que chega às lojas em maio.

"Mil Vezes Mais" (videoclipe)



EP

0

Gabriel Thomaz (Autoramas) - Entrevista #3 no Vitrola Verde "Os discos favoritos"

Cesar Gavin e Gabriel Thomaz

Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, roteiro, pauta e edição: Cesar Gavin
Fotografia: Marcelo Panda
Imagens: Vitrola Verde
Trilha de abertura: "Rock" (Mario Fabre)
Convidado: Gabriel Thomaz (guitarrista, compositor e cantor) das bandas Autoramas e Lafayette e os Tremendões. Gabriel tocou também no Little Quail And The Mad Birds e no Acabou La Tequila.

"Os discos favoritos"

0

Thedy Corrêa (Nenhum de Nós) - Programa Todo Seu

Thedy Corrêa e Ronnie Von

Todo Seu (TV Gazeta)
Apresentação: Ronnie Von
Convidado: Thedy Corrêa (Nenhum de Nós)
Data: 04/04/2018

0

Banda Taffo divulga faixa inédita e homenageia Wander Taffo

Wander Taffo

Poder (We were Born to be happy) - É uma música inédita de Wander Taffo enviada para Fatima Taffo para colocar letra, ainda em fita K7. Ficou durante todo esse tempo arquivada.  Para marcar os dez anos sem o Wander, a letra foi finalmente feita e a música gravada em março de 2018.

Essa música também será o tema do "Taffinho", herói da música, livro infantil de Fatima Taffo a ser lançado em abril de 2018.
Música: Poder (We were Born to be happy)
Autoria: Wander Taffo e Fatima Taffo 



LETRA:

Você é mais do que parece ser
Acredite existe um poder
Seja muito mais, viva muito mais
Não se esconda em vãos
We were Born to be happy
Sinta o instante, mesmo distante vem cantar
Faça o grito dentro do peito ecoar 
Esquece a tristeza que te pesa te fez chorar
Mantenha a certeza de que a vida é só magia pra quem sonhar e amar
Você brilha tanto quanto o sol
Aquecendo tudo ao seu redor
Seja muito mais, viva muito mais
Não se esconda em vãos
We were born to be happy

Bateria e voz: Ivan Busic
Baixo e voz: Andria Busic
Guitarra: Edu Ardanuy
Teclado: Marcelo Souss
Guitarra e voz: Marco Bavini


Gravação e mixagem: Marco Bavini e Andria Busic
Masterização: Classic Master
Produção geral: Fatima Taffo
Direção de vídeo: Israel Mattos (O General)
Assistente de câmera: Edu Santana

Facebook: https://www.facebook.com/vivawandertaffo
Instagram: https://www.instagram.com/wandertaffo/
1

Cólera - Acorde! Acorde! Acorde! (CD)


Independente, 2018

Todas as músicas compostas por Redson Pozzi, Pierre Pozzi, Valdemir Pinheiro, Fábio Belluci, Wendel Barros.
Co-autoria de Alonso Goes nas faixas 1, 2, 5, 7, 8 e 11 
Produção - João Noronha 

Cólera - foto: divulgação
Formação:
Pierre - bateria e voz
Val - baixo e voz
Wendel - voz
Fábio - guitarra 

Participações:
Trompete - Felippe Pipeta
Trombone - Victor Fão
Sax - Bio Bonato
Todos os arranjos de metais por Felippe Pipeta, Victor Fão e Bio Bonato 
Bateria, baixo e guitarras gravados em 2017 no estúdio El Rocha por Fernando Sanches e Éric Yoshino
Guitarras adicionais, sopros e vozes gravados em 2017 no estúdio EAEO Records por João Noronha  Edição - Éric Yoshino
Mixagem - Fernando Sanches
Masterização - Carlos Freitas no estúdio Classic Master 
Arte e design – Wendell Araújo 

O "Acorde! Acorde! Acorde!" foi coletivamente financiado pelos fãs via Catarse

Timecode:
[00:00] 1. Somos Cromossomos
[03:24] 2. Festa No Rio
[06:06] 3. Capacete Vermelho
[08:21] 4. Décimo Terceiro
[12:03] 5. Creation
[14:22] 6. Mil Turbulências
[17:23] 7. Supressão
[19:49] 8. Ska-Metal
[23:17] 9. Mr. Gamble
[25:14] 10. Mezza Mezza
[27:54] 11. Fá Dó Lá
[30:10] 12. O Caos
[34:52] 13. Hino
[37:26] 14. Somos Cromossomos (Demo Redson 2009)
[44:03] 15. Capacete Vermelho (Demo Redson 2009)
[51:21] 16. Festa No Rio (Demo Redson 2009)

0

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com