segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Tomada - "Hoje" (2017)

Tomada - Foto: divulgação
 Tomada lança novo álbum. Destaque: "No Turning Back"


“Hoje” é o novo trabalho dos paulistanos do Tomada, banda que vem praticando seu som autoral em língua pátria e deixando sua marca já indelével em nosso Rock Brasuca desde sua formação, em 2000.

Após os álbuns ”Tudo Em Nome Do Rock’n’Roll” (2003), “Volts” (2005) e “O Inevitável” (2011), além do DVD biográfico “XII” (2013), do EP homônimo virtual (2016) e trocas de integrantes ao longo do caminho, o Tomada chega a “Hoje” com seus membros originais Ricardo Alpendre (voz) e Pepe Bueno (baixo) acompanhados por Vagner Nascimento (guitarra), Mateus Schanoski (teclados) e Fábio Galio (bateria e percussão). O novo time também assina a produção do álbum, fator preponderante para o entrosamento e nova identidade audíveis no Tomada de “Hoje”. As gravações foram realizadas no estúdio Orra Meu e o álbum foi mixado e masterizado no estúdio Moloko por Cláudio “Moko” Costa (Flying Chair), sendo que a mixagem também foi co-assinada por Pepe Bueno e Martin Mendonça (Pitty, Agridoce).

Mesmo ainda mantendo a essência roqueira enraizada em Stones, Rita Lee e Barão Vermelho evidentes nas faixas “Terno Branco” e “Sensação”, nos refrãos grudentos de “No Turning Back”, “Só com a Solidão”, “Trouxe Flores” e também na faixa título – esta com participação do guitarrista Marcelo Gross (Cachorro Grande) - o Tomada dá um passo à frente mergulhando mais fundo na brasilidade, algo explícito em faixas como “Terra Batida”, “5 am” e “Carnaval”, que remetem dos Novos Baianos ao BRock anos 80. Para enfatizar ainda mais essa intenção brasileira que o Tomada segue em “Hoje”, a banda traz versões de duas pérolas do cancioneiro popular nacional; um Blues lento para a clássica “Como 2 e 2” (Caetano Veloso) e um Rock cadenciado para “Ama Teu Vizinho Como A Ti Mesmo” (Sá, Rodrix & Guarabyra). O disco tem participações da cantora Tatá Martinelli nas faixas "Terra Batida" e "Como 2 e 2"

Essa capacidade de transitar sobre diversos ritmos e timbres de forma independente e sem rótulos nos deixa claro que o Tomada encontra-se em sua melhor e mais promissora fase. Tudo a partir de “Hoje”.

Ouça o disco em todas as plataformas digitais.




Veja também: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário