Lula Côrtes e Zé Ramalho - "Paêbirú - Caminho da Montada do Sol"


Rozenblit, 1975

Participações: Alceu Valença, Paulo Rafael, Geraldo Azevedo, Lailson, Marcani Notaro, Ivinho, Jarbas Mariz, entre outros.


Veja também:

0

Rolando Castello Junior - Entrevista #2 "Rockeiro radical tradicional ortodoxo"



Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, roteiro, pauta e edição: Cesar Gavin
Fotografia: Marcelo Panda
Trilha de abertura: "Rock" (Mario Fabre)

Convidado: Rolando Castello Junior (baterista e produtor). Líder e fundador do Patrulha do Espaço, Junior também tocou nas bandas Made In Brazil, Aeroblues e Inox.

Na segunda parte da entrevista, Junior fala sobre o rock brasileiro dos anos 70 e as bandas por onde passou. E surpreende com a notícia de que foi convidado para fazer teste nos Mutantes.

0

Rolando Castello Junior - Entrevista #1 "Beatles, rua Augusta e o México"



Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, roteiro, pauta e edição: Cesar Gavin
Fotografia: Marcelo Panda
Trilha de abertura: "Rock" (Mario Fabre)

Convidado: Rolando Castello Junior (baterista e produtor). Líder e fundador do Patrulha do Espaço, Junior também tocou nas bandas Made In Brazil, Aeroblues e Inox.

Nesta primeira parte, Junior comenta sobre a influência dos Beatles, Made In Brazil e os Beat Boys para a sua carreira. Curiosidades não faltam! Uma das primeiras bandas que ele montou foi com Guilherme Arantes e o ator Kadu Moliterno. Confira!


0

Zique Zaw (Nau) - Entrevista "Cazuza, Satisfaction e a guitarra do Frejat"


Nau + Barão Vermelho + Cazuza

Programa Vitrola Verde
Direção, pauta e edição por Cesar Gavin.
Convidado: Zique Zaw (guitarrista). Tocou nas bandas Nau, Céticos & Visionários e Rip Monsters.

Há alguns anos, Zique teve esclerose múltipla, foi submetido a um transplante de medula óssea e ficou impossibilitado de tocar guitarra. Sedento pela música, buscou um novo instrumento para tocar, o serrote.





Link relacionado:

0

Toni Platão - Entrevista "Toni Platão X Barão Vermelho"

Toni Platão - Fotos: Fátima Costa / divulgação


Por Cesar Gavin

Na #SemanaBarãoVermelho, Toni Platão (cantor da Panamericana e ex-cantor do Hojerizah ) comenta a sua afinidade com o Barão Vermelho.



CG: O site RockBrasileiro.Net está fazendo um homenagem para o Barão Vermelho. Qual a sua ligação com a banda, tendo em vista que gravou a faixa "Marcas no Pescoço", que eles gravavam em 1992?
TP:  Minha relação com o Barão Vermelho, na verdade sempre foi minha ligação com Dé Palmeira (ex-baixista), que é meu amigo desde de 84/85.

O Rodrigo Santos (baixista) também é amigo de longa data. Guto Goffi e Frejat, mais pros anos 90 que nos aproximamos...


CG: Como foi você regravar a faixa, "Marcas no Pescoço"?
T.P.: Nunca ouvi a versão do Barão. Na verdade conheci essa canção com os autores, Chacal e Mimi Lessa.

O Fausto Fawcett fazia uma noite num inferninho em Copacabana, "quintas do inferno", e fui dar uma "canja" com ele, junto com a banda. Vi Chacal (poeta) cantando "Marcas no Pescoço" com Mimi na guitarra. A performance que vi do Chacal foi esmagadora! Parecia que estava possuído por algum Orixá. Devia estar...

Ernesto Neto (artista plástico), fazia as ambientações. A casa estava sensacional. Fui dar essa canja e voltei pra canjear mais umas 3 ou 4 semanas... e olha que odeio dar canja. A partir disso, resolvi gravar essa faixa.



CG: E como foi a sua gravação?
Na época, eu estava em estúdio com Dado Villa-Lobos, fazendo o álbum "Calígula Freejack" e resolvemos gravar. Dado também canjeou nesse dia comigo junto com o Fausto.

No disco, gravo com Chacal, Dado e Mimi nas guitarras, Carlos Laufer no baixo e uma bateria eletrônica.





CG: Qual música você destaca do Barão Vermeho?
TP: Várias, mas tem uma gostei muito do arranjo é "Malandragem dá Um Tempo", com o Bezerra da Silva.


Barão Vermelho "Marcas no Pescoço"




Toni Platão "Marcas no Pescoço"





Barão Vermelho +Bezerra da Silva "Malandragem dá Um Tempo"





Link relacionado:


0

Artistas homenageiam Kid Vinil - Memorial


Kid Vinil - Foto: divulgação / Internet
*10/03/1955
+19/05/2017

O cantor, apresentador e radialista Kid Vinil morreu na tarde desta sexta-feira (19/05/2017) em São Paulo, depois de passar mais de um mês internado. Ele passou mal depois de um show em Conselheiro Lafaiete (MG), e foi levado a um centro médico da cidade.

Artistas homenageiam Kid Vinil - Memorial


Trinkão (baterista do Magazine e Verminose): KID!!! que um coral de anjos, lhe receba com cânticos e aplausos bjo carinhoso, fique com DEUS!


Lu Stopa (baixista do Magazine e Verminose): Estava ensaiando aqui no teatro da APCD e recebi a notícia que perdi um amigo de quase 40 anos.
















Fabio Gasparini, o Ted Gaz (guitarrista do Magazine): KID VINIL UM POUCO DE NOSSA HISTÓRIA MUITO DE AGRADECIMENTO Quando fui trabalhar na Continental Discos em 1979 já fazia alguns anos que tinha abandonado a ideia de viver em grupo de rock. Antes anônimo por lá, minha identidade secreta como guitarrista começou a se espalhar. E assim que ficou sabendo, Kid Vinil passou a frequentar minha sala. Trazia discos e revistas importadas, dizendo: ”leve esse LP pra casa, é uma banda nova…”, tentando me seduzir enquanto explicava as novidades do punk e new wave a esse então descrente ex-rocker que havia parado no progressivo. Não demorou muito para me convidar ao ensaio de seu grupo, ao lado dos parceiros Trinkão e Lu Stopa que, numa união deslumbrante, viria a se tornar o estouro nacional MAGAZINE a partir de 1983. Sorte a minha ter encontrado na persistência de Kid Vinil a oportunidade única de alcançar um lampejo de sucesso, o qual tanto almejei mas sempre me escapava. Não fosse a força, a garra, o ímpeto de Kid isso não teria acontecido. Meu foi o privilégio em desfrutar de sua total dedicação àquele ambiente “punki niu uê” das periferias vibrantes, que fez renascer em mim a mesma paixão que havia desaparecido. Kid Vinil reluz rock way of life, 24 horas por dia, non-stop, o mesmo que tanto havia impulsionado meus sonhos tempos atrás. Conquistou tantos amigos e admiradores com seu carísma, conhecimento, arte e extravagância em puro instinto. Em gratidão a Kid Vinil, junto-me aos amigos de jornada no rock de alto estilo, Trinkao Watts e Luiz Lu Stopa, com todos que compartilharam nossa convivência. Lembranças e preces em seu caminho de sons e Luz. Exuberante como sempre. Fabio Gasparini (Ted Gaz) com Trinkao Watts e Luiz Lu Stopa Raise In Peace, Eternal Friend (Fernando Naporano)




Rodrigo Santos (baixista do Barão Vermelho): Descanse em paz Kid Vinil , um dos caras mais bacanas da música brasileira . Alma muito boa, estará num lugar melhor do que aqui , com certeza ....









Sergio Facci (baterista do Vodu, 3 In The Box, Fenícios, ex-Volkana, ex-Viper): O que dizer em uma hora dessas? Somente temos que agradecer a este "cara" que no inicio do rock e mais especificamente do metal no Brasil apoiava demais as bandas que pediam espaço !! E ele nos colocava em seus programas de radio e TV sem nunca pedir nada em troca !! É isso aeee ... Valeu Antonio Senefonte #Kidvinil ... OBRIGADO !! VODU Vodu Trinta Anos VOLKANA e muitas outras bandas agradecem todo o espaço por você aberto !! Valeu !!!







Ritchie (cantor, músico e compositor): RIP Antonio Senefonte (Kid Vinil). Adeus amigo querido. Sala de aula com o Professor Kid Vinil em 2004. Obrigado, Mestre querido, por tudo que você me ensinou. Rock on forever












Foto postada por Kuki Stolarsky (baterista do Zeca Baleiro e Karnak - Tocou com Kid Vinil e os Heróis do Brasil)










Kiko Zambianchi (cantor, compositor, músico): Valeu muiiiito Kid Vinil!!Descanse em paz.

Luiz Thuderbird (cantor e músico no Devotos de Nossa Senhora Aparecida): Amigos, acabei de receber a mais triste notícia de que meu amigo e professor Kid Vinil faleceu hoje a tarde. Muita tristeza! #RipKidVinil

Ary Holland (tecladista no Kid Vinil e os Heróis do Brasil): Triste pela notícia que acabou de chegar a mim . Um parceiro de uma grande época  da minha vida e de alguns colegas, nos deixou hoje. Fique com Deus e descanse em paz Kid Vinil, um Herói do Brasil.

Fernando Deluqui (guitarrista do RPM): Kid se foi...um dos mais legais. Tive o prazer de trabalhar com ele e vou sentir saudades. Não só do artista que era único e muito seguro mas da pessoa, muito tranquila e inteligente...esse era parceiro mesmo...vai fazer falta nas gigs oitentistas, com convidados...como foi no espetacular show no Esporte Clube Pinheiros ou no Johnny Wash. Esse último rendeu um super bate papo pro Deluqui Nau que vou reeditar e por no ar num dos próximos episódios...Perda irreparável.....vai deixar muitas saudades.#kidvinil #rocknacional

Frejat (cantor, produtor, músico e compositor): Estou muito triste por saber do falecimento de meu querido amigo Kid Vinil.Uma figura sempre gentil, inteligente, carinhosa e generosa com seus amigos e seus companheiros amantes da música.Querido amigo, que você vá por uma bela trilha de luz! Beijo do amigo Frejat.

Evandro Mesquita (cantor e compositor na banda Blitz): Kid Vinil nos deixou... o céu ficou mais rock and roll 

Val Pinheiro (baixista da banda Cólera): Mais um gigante, que dedicou a vida para fortalecer a cena ROCK nos deixou hoje. descanse em PAZ  Kid Vinil.

Ayrton Mugnaini Jr. (músico e escritor. Tocou baixo no Magazine na segunda formação): Três de meus grandes orgulhos são ter co-produzido com Kid o programa Digital Session na Brasil 2000, ter Integrado o Magazine na época do CD Na Honestidade e estar presente na bela biografia de Kid escrita por Duca Belintani. Kid é padrinho de meu filho, que também é seu fã.

Carlos Finho (cantor, poeta, músico e compositor - 365 e M.M.D.C.): "Sempre achei espantosa a devoção que Kid tinha por seu cão, Kosmo. Por quê um dos melhores comunicadores que já conheci tem como objeto de sua devoção uma criatura que não sabe falar? Hoje, comtemplei Kosmo deitado ao lado do corpo inerte daquele que o amou incondicionalmente... Foi a última lição do mestre!" 

Edu Gomes (guitarrista, compositor e produtor): Puxa vida Kid Vinil nos deixou hoje!Que sua jornada siga brilhando e com paz no coração! 

André Christovam (guitarrista, cantor, compositor e produtor): Sem Kid Vinil vocês jamais teriam ouvido o guitarrista André Christovam. Sem a confiança dele, eu jamais seria um compositor de letras em português. Eu devo minha carreira à ele! Perdi mais um irmão, mas a vida segue, enquanto eu tocar, meus melhores riffs serão pra ele! Vai Kiddão, vai direto que a Mama Cida te espera de braços abertos!






Paulo Zinner (baterista da Paulo Zinner Rockestra, ex-Rita Lee e ex-Golpe de Estado) e esposa Marta Braga: E o valente e verdadeiro Herói do Brasil cantou e subiu!🎶 Adeus, adeus... Boa viagem...🎶Nosso amigo boy herói Kid Vinil... Vá com Deus e Nossa Senhora!! #prasempreoboyheroi #kidvinil














Marcos Kleine (guitarrista, produtor e compositor - Ultraje a Rigor, Vega, PAD e Jam 80): Descanse em paz meu amigo..Sentiremos muito sua falta.Rip Kid Vinil.....








Clemente (guitarrista, apresentador, compositor e cantor dos Inocentes e Plebe Rude): Valeu Kid Vinil!















Miro de Melo (baterista do Lixomania e 365 e cantor no Miro de Melo e Bragapunks): Estamos muito tristes,sem chão novamente,fica a sua alegria, sua sabedoria,seu bom humor e seus ensinamentos,sempre vivo e eterno em nossos corações.Descanse em Paz Amigo!!!






Eduardo Amarante (guitarrista das bandas Zero, Azul 29 e Agentss): Uma enorme perda pro rock! Lembro que no lançamento do primeiro compacto do Agentss, ele me recebeu super bem e me entrevistou no seu programa da rádio Excelsior, em que tocou também as duas faixas "Agentss e Angra". Ia sempre nos shows e era um dos maiores colecionadores e conhecedores de toda a história do rock, além de músico, produtor, radialista e agitador cultural. Também me ajudou muito quando estivemos em Nova York, onde comprei equipamentos para o estúdio que depois fundei com Ricca Galdeano e Silvia Cobelo, o Quadrophenia, responsável por inúmeras demo tapes dos 80. Deixa muitas saudades e em homenagem a ele uma foto das antigas em 83 no hotel em que nos hospedamos no "Village" em N.Y. em 83...R.I.P. amigão!

Bacalhau (baterista do Ultraje a Rigor): Triste com a notícia do falecimento do mestre Kid Vinil. Descance em paz.


André Youssef (tecladista no Tritono Blues e Jam 80): DMuito triste. Nosso amigo Kid Vinil nos deixou hoje depois de lutar mais um mês no hospital...Essa foto é da primeira vez que toquei com ele em 2011.Vai fazer muita falta...#ripkidvinil #kidvinil













Tom Zé (cantor, compositor e músico): Para Kid, minha saudade, minha gratidão. Menores do que a risada e a bondade dele. É duro pensar em não vê-lo mais.














Tom Zé comenta sobre o Kid Vini no Vitrola Verde





João Gordo (cantor do Ratos de Porão, apresentador dos programas Panelaço, Eletrogordo e Tiki Nervioso): Kid querido... meu professor ... descanse em paz!














Rogério Martins (guitarrista do Lixomania e Skamoondongos, ex-Loback e ex-Fogo Cruzado): Descanse em Paz Kid, muito obrigado por ter me dado a honra e o prazer de estar nessa fotografia contigo Abs.

Na foto,  Banda Loback - Participação Especial - KidVinil




Arnaldo Antunes (cantor e compositor): Valeu, Kid Vinil!



Bacalhau (baterista do Monstros Do Ula Ula e ex-Planet Hemp e ex- Autoramas): Obrigado por tudo Antonio Senefonte você me ensinou muito não tenho palavras para agradecer tamanho amor e gratidão que tenho por você. Boa viagem eterno Kid Vinil seus ensinamentos não serão esquecidos.








Canisso (baixista dos Raimundos): Em 1993, TOCAMOS NO JUNTATRIBO, em Campinas, 2 vezes, a segunda teve um sabor especial, fomos convidados pelo Kid Vinyl, ANTENADASSO, pra dentre todas as bandas ali, tocarmos em seu horário pois o guitarrista vinha de SP e estava atrasado, Ali tive a oportunidade de conhecer e mais tarde fazer amizade com um dos meus heróis dos anos oitenta, não só dos muitos hits que compôs pra trilhas de novela, mas também de pérolas como " pau na marginal" que a gente usava como trilha sonora pra dar couro de carro...seus programas na rádio, o boca livre na cultura, entre tantos e tantas rádios, 97, 89, brasil 2000, eram verdadeiras aulas de ROCK, de todas as tendências e estilos...Antonio Senefonte, vc nos deixou hj, vai fazer muita falta, mas o KID VINYL, esse é eterno, vive em nossas memórias afetivas e musicais...PQP, DEUS, tanto FDP que passa por essa vida só pra se dar bem em cima dos outros e parece que vc só leva os bons?Dá uma passadinha no primeiro escalão desse desgoverno e leva alguns também, leva 100 desses que não vão fazer falta nenhuma...

Tadeu Dias (guitarrista do Mavericks, ex-Golpe de Estado e Oitão): A missão do Kid Vinil nessa terra foi muito bem realizada. Toda uma geração de Rockeiros, fãs de Música, e Músicos, como eu, conheceram e descobriram muitos sons, muitos estilos, muitos discos e muita Música, graças a ele, aos seus programas e ao seu conhecimento. Enfim Obrigado KID.

Roberto de Carvalho (guitarrista, compositor e produtor - Rita Lee): RIP KID!

Ariel (cantor do Invasores de Cérebro): Triste...Mais um amigo se foi... Que a terra lhe seja leve, Kid Vinil

Betinho Massaretii (baterista do Periferia SA e Kolapso 77, ex-Ratos de Porão): PROFESSOR DO PUNK ROCK.TROUXE TUDO DE FORA PARA NOS APRESENTAR COM SEU PROGRAMA DE RÁDIO. VALEU, KID! FIQUE COM DEUS, AMIGO.


Ari Baltazar (guitarrista e compositor do 365, M.M.D.C. e Fogo Cruzado): Tive o prazer de dividir muitas vezes o palco com o Kid Vinil...momentos incríveis antes durante e depois dos shows...sempre agradável sempre ensinando sempre aprendendo


Duca Belintani (guitarrista e escritor do livro "Kid Vinil, o Herói do Brasil": O querido amigo e parceiro nos deixou hoje.Fico com essa imagem da sua alegria e generosidade.Vou sentir muitas saudades das conversas e dos sons.O céu vai ficar mais alegre e nós ficamos mais tristes aqui.Vai lá Kid, O Herói do Brasil.




Autoramas (banda com Gabriel Thomaz e Érika Martins): Perdemos um amigo querido e o Brasil perdeu um professor generoso, talentoso e amável. 😞😭 #rip #kidvinil







Alf Sá (músico e compositor): Nosso mestre Kid Vinil Antonio Senefonte , o verdadeiro Herói do Brasil, se foi depois de muita luta.Cara legal, sempre com um sorriso no rosto e um amor muito sincero à musica. Tive a sorte de tê-lo como parceiro de gravadora, onde escreveu release pro primeiro álbum do Rumbora e atuou como diretor da escola no clipe da nossa zuera "Veste o Uniforme".Sempre extremamente afetuoso e generoso, esse sabia tudo.Vai em paz, Kid!Nunca esqueceremos de você, meu velho




Julio Cesar (cantor do Gueto): Querido amigo Kid, eu e uma legião de fãs e amigos vamos sentir muito a sua falta. Sempre vou lembrar dos nossos papos fonográficos e tudo o que aprendi com vc. Que fique pra nós toda sua generosidade e ética. Descanse em paz, amigo













Olho Seco toca "Sou Boy"






Mais









Trinkão (baterista) - Entrevista "A história do Magazine / Verminose e Kid Vinil"


Link relacionados:

4

Meu adeus ao KID VINIL

Kid Vinil e Cesar Gavin - Foto: Cesar Gavin






Depoimento sobre Kid Vinil para a Gazeta Rio Claro



Entrevista realizada em 16/12/2016




Bala de Prata e Kid Vinil no programa Matéria Prima (TV Cultura em 1990)




Magazine em 2002 - Produção executiva de Cesar Gavin




Rock brasileiro dos anos 80 - (Programa Aconteceu RedeTV)




Kid Vinil apoiava o RockBrasileiro.Net





Cesar Gavin, Gaspa e Kid Vinil - show do Gaspa em 2013

Cesar Gavin, Gaspa e Kid Vinil - show do Gaspa em 2013

Gaspa The Bass Player + Kid Vinil "Núcleo Base" - Filmado por Cesar Gavin



Links relacionados: 


0

Andria Busic - Entrevista#2 "A troca de guitarrista da banda Busic"

Andria Busic - Foto: Divulgação

Programa Vitrola Verde
Reportagem, pauta e edição por Cesar Gavin.

Convidado:  Andria Busic (baixsta, cantor, compositor e produtor). Atualmente integra a BUSIC e foi integrante do Dr. Sin, Banda Taffo, Ultraje a Rigor, Platina, Cherokee, entre outras.


Andria Busic - "A troca de guitarrista da banda Busic"

0

Clemente - Entrevista "Barão Vermelho X Inocentes"



Programa Vitrola Verde
Reportagem, pauta e edição por Cesar Gavin.


Convidado: Clemente (músico, cantor, produtor e compositor ). Integrante das bandas Inocentes e Plebe Rude. Apresentador  dos programas Showlivre (web) e Filhos da Pátria (Kiss FM).

Nesta entrevista, Clemente comenta os 35 anos da banda Barão Vermelho e a ligação que a banda tem com os Inocentes.



Link relacionado

0

Paulo Zinner (baterista) - "Barão Vermelho: Estou aqui de passagem em sua homenagem"



Programa Vitrola Verde
Reportagem, pauta e edição por Cesar Gavin.
Produção Paulo Zinner: Marta Braga

Convidado: Paulo Zinner (baterista, compositor e produtor). PZ é conhecido pelo seu trabalho com Rita Lee e Roberto de Carvalho (por 10 anos). Fundador das bandas de Hard Rock ,Golpe de Estado e Paulo Zinner Rockestra; co-fundador da banda de power blues Fickle Pickle, uma das pioneiras do Blues no Brasil.

Quando criança, eu ia com meu irmão na casa do Paulo Zinner / Silvana Zinner, bairro da Santa Cecília em São Paulo. O Paulo tocava no Fickle Pickle (power trio de Blues / Blues Rock), junto com André Christovam e Nelson Brito. Eu ficava encantado com aquela banda. Ver o Paulo tocar era indescritível (como ainda é). O bumbo da bateria dele era praticamento do meu tamanho (ficava pensando se um dia eu iria dormir lá dentro. hehehe... Cresci, fui tocar pelas noites de SP, e em 1990, tive a honra de trabalhar como roadie dele no Golpe de Estado.

Bem... estou contando tudo isso porque nosso querido Paulo mandou um depoimento lindo sobre o Barão Vermelho #SemanaBarãoVermelho para o Vitrola Verde / RockBrasileiro.Net.

Agradecimento mais que especial para Marta Braga. P.S.: Ainda penso: Será que um dia vou dormir dentro daquele bumbo???

"Barão Vermelho: Estou aqui de passagem em sua homenagem"

0

George Israel (Kid Abelha) - Entrevista "BRock e as parcerias com Barão Vermelho e Cazuza"




Programa Vitrola Verde
Convidado: George Israel (músico e compositor). Além da carreira solo, George integra o Kid Abelha e Os Britos.

Reportagem, pauta e edição por Cesar Gavin.

0

Patriamada - Filme

Alceu Valença e Deobora Block



Durante as manifestações pedindo a volta do voto direto no Brasil, em 1984, um jornalista entrevista pessoas envolvidas com os acontecimentos políticos e tem um caso com um político. A ação é conduzida por três personagens principais: uma repórter petista de 20 anos, que tem o dilema de aceitar ou não o Colégio Eleitoral, após a constatação da impossibilidade das eleições diretas; um cineasta independente de 30 anos, que tenta criar a filha como pai solteiro e, ao mesmo tempo, fazer um filme sobre o Brasil; e um industrial poderoso de 50 anos, aparentemente liberal e progressista. Os três acabam envolvidos entre si de alguma forma, numa mistura de ficção e realidade, reportando-nos a um importante período da vida política brasileira.



Participação de Alceu Valença no filme
Trilha sonora contém três faixas de Alceu Valença: "Pátria Amada", "Solidão" e ""Cambalhotas"

Saiba mais aqui
0

Humberto Effe - Entrevista "Nem Tudo Pode Se Ver" (Picassos Falsos)



Programa Vitrola Verde
Convidado: Humberto Effe (cantor, compositor e músico). Além da carreira solo, Humberto integra a banda Picassos Falsos.

Ele comenta o novo disco dos Picassos Falsos "Nem Tudo Pode Se Ver" (Embolacha, 2017) e a importância do álbum "Supercarioca" , lançado em 1988.

A entrevista foi gravada no camarim da banda Panamericana, motivo que comprometeu um pouco o áudio. Peço desculpas para quem assistir, mas pra mim, vale mesmo o registro. Viva Picassos Falsos!
(Cesar Gavin)




Direção, imagens, reportagem e edição por Cesar Gavin.
Filmado em 27/11/2016 no  Teatro Caixa Cultural (Rio de Janeiro)


0

Dé Palmeira - Entrevista #2 - "Declare Guerra! (Barão Vermelho)"



Programa Vitrola Verde
Reportagem, pauta e edição por Cesar Gavin.

Convidado: Dé Palmeira - baixista, violonista e vocais  na banda Panamericana e ex-baixista das bandas Barão Vermelho e Fausto Fawcett e Básico Instinto; apresentador do programa "Estação Roquenrou" (Canal Brasil).





Links relacionados:
0

Picassos Falsos anuncia saída do baterista

Abílio Rodrigues - Foto: divulgação


Em sua rede social, a banda Picassos Falsos anuncia saída do baterista Abílio Rodrigues.

Leia nota:

Amigos e parceiros, Picassos Falsos está passando por uma mudança na sua formação. Depois de três décadas de parceria, o baterista Abílio Rodrigues está deixando a banda. Além de ser um amigo querido desde os tempos de escola, na Tijuca, Abílio é um dos fundadores do grupo, e figura fundamental na construção do estilo e da sonoridade do Picassos Falsos. Se a parceria musical chegou ao fim, seguimos amigos, parceiros na vida. Um beijo, Bilim!

 A banda seguirá como um trio.

 Abaixo um recadinho do próprio Abílio: Amigos e amigas, Tô saindo do Picassos Falsos. Depois de 32 anos, não sou mais o batera dessa banda foda pra caralho. E que vai continuar, claro, sendo muito foda. Vida que segue.

 Beijos pra todo mundo

E aquele abraço!


0

Jubarte Ataca - "Falso + 4" (CD)


Produzido por Juliano Peleteiro
Baratos Afins, 2016

Release:

A Jubarte Ataca surgiu em Natal/RN, em meados de 2010, quando os irmãos Joaquim Dantas (bateria) e Daniel Dantas (baixo) se uniram ao amigo de infância Diego Cirilo (guitarra) com a proposta de montar uma banda de Surf Music. Misturando depois várias outras influências ao ritmo sessentista idealizado pela guitarra de Dick Dale – como o Garage Rock e a Jovem Guarda, além de elementos de música latina, de trilhas sonoras de cinema western e sci-fi e um quê de atitude Punk –, o trio moldou seu próprio estilo de composições.

Ao longo de seus quase 7 anos de história, a Jubarte Ataca já participou de vários importantes festivais de música independente Brasil afora, como Natal Instrumental, MADA, Under the Sun, Festival Dosol, Grito Rock, Locomotiva Festival e Primeiro Campeonato Mineiro de Surfe – esse último, o mais importante e mais longevo festival de Surf Music da América Latina. Além disso, a banda ainda produz anualmente seu próprio festival, o Selvagem Festival – sediado na cidade de Natal/RN e direcionado aos amantes do Rock’n’Roll mais primitivo.

Outros laçamentos da banda:
- demo “O bonito, o habilidoso e Joaquim” [2011]
- o split com a banda paraibana Os Fuzzíveis “Reverb vs. Fuzz” [2012]
-  EP (“FALSO” [2015]
- “A invasão das temíveis válvulas termiônicas” [2013]


Jubarte Ataca - Arábica Fuzzy Interlúdio

0

Vodu ao vivo no Sesc Belenzinho (2017)

Vodu - Foto: Divulgação

Show realizado no Sesc Belenzinho (Sâo Paulo / SP)
Data: 06/05/2017
Vodu Fan Page: https://www.facebook.com/vodu30anos

Formada no ano de 1985 por Sergio, André, Bruno e Boccato, Vodu foi uma das pioneiras do heavy metal nacional.

Em 1986 lançou o primeiro álbum, The Final Conflict, seguido depois por Seeds Of Destruction (1987), No Way (1988) e Endless Trip (1989).

No começo dos anos 90, a banda fez uma pausa e só voltou a tocar em 2007. Neste ano, a Vodu teve o disco The Final Conflict relançado em LP.

Atualmente a banda é formada por André Gois ( Vocal), André Cagni (Baixo), Sérgio Facci (Bateria), Paulo Lanfranchi (Guitarra) e Jose Luis Gemignani (Guitarra).

Fotos por Humberto Morais




Vídeo por Vodu

0

Rádio Taxi no Faustão (2017)


Rádio Taxi - Foto: Fabio Nestares
Com nova formação, banda Rádio Taxi toca sucessos no programa Domingão do Faustão (TV Globo).

Data: 07/05/2017

Rádio Taxi:

Fabio Nestares - voz
Gel Fernandes - bateria
Lee Marcucci - baixo
Flávio Fernandes - teclados
Miltinho - guitarra





0

Paulo Junqueiro - Entrevista "9 Clássicos com o Barão Vermelho"




0

Guto Goffi - Entrevista #2 "Barão Vermelho / Cazuza: Tão Longe de Tudo"



Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, imagens, reportagem e edição por Cesar Gavin.

Convidado: Guto Goffi - baterista do Barão Vermelho e do Bando do Bem

0

Xando Zupo (guitarrista) comenta "Barão Vermelho - álbum Carnaval"



Na #SemanaBarãoVermelho - O guitarrista Xando Zupo comenta o álbum "Carnaval" do Barão Vermelho no Vitrola Verde / RockBrasileiro.Net

Convidado:  Xando Zupo (guitarrista). Além da carreira solo, Xando tocou nas bandas Patrulha do Espaço, Big Balls, Pedra, Harppia, entre outras.

Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, imagens, reportagem e edição por Cesar Gavin
Trilha Vitrola Verde - "Rock" (Mario Fabre)


0

Barão Vermelho - Entrevista em 1990 "Na Calada da Noite"





Álbum "Na Calada da Noite"
Warner, 1990
Produzido por Ezequiel Neves











Convidados: Frejat e Guto Goffi
Entrevista por - Monika Venerabile (Rádio Fluminense FM)
Acervo: Cesar Gavin


0

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com