domingo, 25 de junho de 2017

Dulce Quental "Tempo Circular" (single)





Tempo Circular é o primeiro single do áudio visual Música e Maresia, uma parceria do Canal Brasil com a Cafezinho Edições, editora e selo digital da cantora e compositora Dulce Quental.

Gravado em São Paulo no Sesc Belenzinho em 25 de junho de 2016.

O single encontra-se em todas as plataformas digitais.






Inocentes ao vivo no Audio Arena Originals

Inocentes - Foto: AudioArena Originals
Programa Audio Arena Originals (YouTube)
Saiba mais no link: http://www.audioarenaoriginals.com.br/

Set list

0:16 - Miséria e Fome
3:16 - Garotos do Subúrbio
4:57 - Rotina
8:16 - Expresso Oriente
11:51 - Tudo Volta
16:33- Medo de Morrer
17:55 - 4 Segundos
18:50 - Cala a Boca
 21:15 - Pátria Amada
25:00 - Pânico em SP

sábado, 24 de junho de 2017

Paulo Junqueiro - Entrevista #2 "O cara, o produtor do Ira!"



Programa Vitrola Verde
Reportagem, pauta e edição por Cesar Gavin.

Convidado: Paulo Junqueiro (Presidente da Sony Music Brasil). Junqueiro também foi Diretor Artístico / Mkt da EMI Brasil e Portugal; Diretor Artístico na Warner Brasil e Diretor Artístico na Sony Music Portugal. Produziu, gravou e mixou diversos discos premiados de artistas brasileiros e portugueses.

"O cara, o produtor do Ira!"

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Bento Mello (Sioux 66) - Entrevista "Caos"



Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, imagens, reportagem e edição por Cesar Gavin.
Foto: Davi Valente

Convidado: Bento Mello, guitarrista e compositor da banda Sioux 66

Cesar Gavin e Bento Mello

"Caos"

Humberto Effe apoia o RockBrasileiro.Net

Cesar Gavin e Humberto Effe

Humberto Effe (cantor e compositor da banda Picassos Falsos) também deixou seu apoio ao site. Vida longa ao Rock brasileiro!


Lu Stopa (Magazine) - Entrevista "O baixista Rock and Roll"


Lu Stopa (Magazine) - Entrevista "O baixista Rock and Roll" 

Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, imagens, reportagem e edição por Cesar Gavin.
Filmado em 16/12/2016 no Sesc Belenzinho – Show de Miro de Melo e os Bregapunks

Convidado: Lu Stopa , baixista do Magazine e Miro de Melo e o Bregapunks. Tocou também no Camisa de Vênus, Maria Angelica Não Mora Mais Aqui, Marcelo Nova, Os Kurandeiros, Luiz Otávio e os Quatro Olho, entre outras bandas.


terça-feira, 20 de junho de 2017

Ângelo Máximo - Entrevista + musical "Elvis Presley e a Pós-Jovem Guarda"




Programa Vitrola Verde

Direção, apresentação, imagens, reportagem e edição por Cesar Gavin.
Filmado em 16/12/2016 no Sesc Belenzinho – Show de Miro de Melo e os Bregapunks



Ângelo Máximo - Entrevista "Elvis Presley e a Pós-Jovem Guarda" 




Ângelo Máximo "Domingo Feliz" #1




Ângelo Máximo "A Primeira Namorada" #2



Ângelo Máximo "Diana" #3




Fotos do show de Miro de Melo e os Bregapunks com participação de Ângelo Máximo

Miro de Melo e os Bregapunks


Links relacionados:

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Kid Vinil - Entrevista #2 / Musical "Despedida e Miro de Melo e os Bregapunks"



Programa Vitrola Verde
Convidado: Kid Vinil, apresentador e cantor da banda Magazine

Direção, apresentação, imagens, reportagem e edição por Cesar Gavin.
Filmado em 16/12/2016 no Sesc Belenzinho – Show de Miro de Melo e os Bregapunks


Entrevista #2 - "Despedida e Miro de Melo e os Bregapunks"





Kid Vinil + Miro de Melo e os Bregapunks "Noite de Terror"




Kid Vinil + Miro de Melo e os Bregapunks "Professor Apaixonado" 




Kid Vinil + Miro de Melo e os Bregapunks "Sou Boy" 




Links relacionados:

sábado, 17 de junho de 2017

Violeta de Outono ao vivo no Showlivre

Adicionar legenda

Violeta de Outono ao vivo no Showlivre
Data: 01/06/2017

Em 2017, a banda Violeta de Outono comemora o aniversário de 30 anos do lançamento de seu primeiro álbum, homônimo. O trio formado por Fabio Golfetti, Angelo Pastorello e Claudio Souza trazia uma sonoridade psicodélica envolta em sombras, o que chamou a atenção de público e mídia. Com o passar das décadas e dos álbuns, o grupo foi implementando novos elementos ao seu som.

O trabalho mais recente, Spaces, é voltado ao rock progressivo e completa a trilogia formada por Volume 7 (2007) e Espectro (2012).

Íntegra

Made In Brazil ao vivo no Sesc Santo André

Made in Brazil - Foto: Cesar Gavin

Made In Brazil ao vivo no Sesc Santo André
Data: 08/06/2017
Fotos e imagens por Cesar Gavin

Texto: Sesc Santo André
Made in Brazil, uma das bandas de rock mais antigas em atividades no país, festeja seus 50 anos de carreira. Formada pelos irmãos Oswaldo e Celso Vecchione, em 1967, um Made in Brazil passou por diferentes formações e atravessou diversos movimentos musicais em sua trajetória.

Sem perder o foco e nem a pegada rock basic e genuíno, o quatorze discotecas de sua discografia oficial evidenciam como marcas do tempo, mas ao lado de revelar conexões interessantes, entre como cinco décadas de sua criação, mostrando que o grupo está atento como novas sonoridades , Mas conectado com o puro rock que a fez surgir ao final da década de 60.

No palco, Oswaldo "Rock" Vecchione (vocal, baixo e gaita), Celso "Kim" Vecchione (guitarra e baixo), Rick "Monstrinho" Vecchione (bateria), Guilherme "Ziggy" Mendonça (guitarra e violão), Octavio "Bangla "Lopes (sax), Wanderley Issa (teclado), Ivani" Janes "Venâncio e Rubens" Rubão "Nardo (vocais de apoio) apresentaram um repertório idealizado especialmente para brindar os 50 anos de apresentação de uma das pedras fundamentais do rock brasileiro : O Made in Brazil. O show teve composições como "Anjo da Guarda", "Paulicéia Desvairada", "Minha Vida é Rock" e "Roll", "Jack o Estripador", "Os Bons Tempos Voltaram" e "Uma Banda Made in Brazil", além de "Gasolina".


Fotos

Made in Brazil


"Gasolina" (trecho) - Participação do Fabio Brum (Saco de Ratos) na guitarra

sexta-feira, 16 de junho de 2017

PAD - "Not So Vain" (single)

PAD - Foto: Francis Farago/ divulgação

PAD lança primeiro single pela Universal Music


Banda de Pop Rock Nacional que nasceu em novembro de 2016 e é composta pelos veteranos Marcos Kleine (Ultraje a Rigor), Fabio Noogh (The Soundtrackers), Thiago Biasoli (Carranca Trio), William Bill de Oliveira (produtor executivo de bandas como a Dr. Sin e baixista na TRINTA E3), Leandro Pit (Os Travessos, Sensação e Intuição) e Rodrigo Simão (teclados e piano).

O nome internacionalizado “PAD” é um trocadilho e traz muitas nuances, como experiência, paz, amor. A ideia veio de uma brincadeira com o Chickenfoot, que em inglês significa pé de galinha. Ainda que a expressão remeta a ter uma certa idade, PAD soa divertido, universal e moderno. Além de tudo, aportuguesando de volta, PAD soa como “pede”, do verbo pedir. Daí o #padqueeuvou #padqueagentetoca #padmais #padqueénoise.

Com o foco e a ideia consolidados em repertório nacional e autoral os rapazes da PAD já estão em estúdio na produção das músicas do primeiro trabalho, com lançamento previsto para o primeiro trimestre de 2017.

Nesta primeira bateria de shows, a PAD, além de mostrar o trabalho autoral, contará com um repertório nacional com os clássicos do Ultraje a Rigor e de bandas marcantes do Rock Nacional.

Viver o momento intensamente e deixar o passado para trás. Não se apegar ao futuro. Divertir-se! A mensagem, escrita pelo vocalista Fábio Noogh e desenhada com o riff da guitarra de Marcos Kleine, deu origem ao primeiro single da Banda PAD, Not So Vain. A música foi lançada em 3 de fevereiro, na Rádio Rock 89 FM, e apresentada no primeiro show da Banda, ocorrido no dia 4 de fevereiro, no encerramento da Campus Party Brasil, no Palácio das Convenções do Anhembi.

Na ocasião, a banda apresentou com exclusividade o segundo single, Sem Destino. “Sem Destino” é uma música vibrante com um riff melódico forte que remete à louca época da New Wave e do Pós-Punk ingleses que influenciou toda uma década, a de 80. A sonoridade tem influências de Billy Idol e do The Police como manda o figurino e a letra, inspirada tanto no filme homônimo em português “Sem Destino” (Easy Rider) quanto na música “Dezesseis”, do Legião Urbana, é um retrato-cantado e falado da realidade de milhares de pessoas que, mais do que nunca, vêm sofrendo de depressão e outros distúrbios psíquicos semelhantes.

Fora do comum, “Sem Destino” não possui um refrão definido e soa, em primeira pessoa e de forma obscura, como se fosse um telefonema de despedida de uma pessoa sozinha em um carro ou moto em alta velocidade à beira de um acidente. Um rap incidental do meio para o fim da música faz menção à doença de forma clara como um alerta ao ouvinte: “A busca irrefreável pelo controle de tudo e de todos o tempo inteiro é uma das coisas que eu mais vejo como indício de depressão nas pessoas, mesmo que não aparentem os sintomas comuns como falta de motivação, desistência e tristeza. Apesar do interno, das descompensações químicas que podem sofrer o c orpo e o cérebro, o apego material e emocional exacerbados, externos, podem se tornar desvios comportamentais que também contribuem para essa fatalidade”, diz Fabio Noogh, autor da letra. Ceder o controle, entender que não é possível se curar sozinho, procurar ajuda profissional são os primeiros passos para o indivíduo ter sucesso no tratamento. Sem isso, por mais influentes e fortes que sejam, nem apoio familiar ou terapias conseguem ajudar”, complementa Noogh.

Nesta sexta, 16/6, o primeiro single da banda está nas plataformas digitais.

Ouça "Not So Vain"  aqui.


Marcos Kleine - trecho de "Not So Vain"


Ricardo”Soneca” Schevano - Entrevista "Baranga, Carro Bomba e Motorhead"




Convidado: Ricardo”Soneca” Schevano, baixista das bandas Baranga, Carro Bomba e Casch.

Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, roteiro, pauta e edição: Cesar Gavin
Trilha de abertura: "Rock" (Mario Fabre)


quinta-feira, 15 de junho de 2017

Fabiano Negri - "The Long Run" (lyric video)



Liberada mais uma faixa do novo álbum. O cantor e compositor Fabiano Negri (Rei Lagarto, Dusty Old Fingers) liberou mais uma faixa do seu novo álbum, "When Nothing is Right, Anything is Possible".

O lyric video da balada "The Long Run" tem edição de Nara Leão de Almeida e arte feita por Atila Fabbio.  O novo trabalho chega dia 24 de junho e já pode ser adquirido em pré-venda no site oficial do músico.

Para mais informações acesse: www.fabianonegri.com


Casch (ensaio 2017)

Casch - Foto: Ana Fuccia


Banda formada por Rolando Castello Junior (bateria), Soneca (baixo) e Marcelo Schevano (guitarra).

Filmado por Cesar Gavin
Imagens: Vitrola Verde
Gravado No Orra Meu Estúdios em 10/1/2017

Casch "Big Paul's Basement"

Marcos Kleine - "A falta de feedback" (Desabafo)

Marcos Kleine - Foto: divulgação


Marcos Kleine, guitarrista do Ultraje a Rigor e PAD fez um desabafo sobre o trabalho autoral no Brasil. E sobretudo, a classe artística! Leia, apoie, compartilhe! Vamos valorizar os artistas do Rock brasileiro! Este é o caminho!

"Daqui 1 dia sai o single da minha nova banda PAD. Lançaremos o primeiro single-NOT SO VAIN pela Universal Music em todas as plataformas digitais. Vc não acha se não quiser kkkkk. Estamos paralelamente trabalhando em novas músicas para até meados de agosto lançarmos um trabalho autoral completo em CD, Vinyl em todo o Universo. Muito feliz com esse trabalho, reunimos uma galera espetacular, sangue nos olhos e afim de fazer rock and roll, que infelizmente se encontra em estado terminal e respirando por aparelhos. Muito disso acontece por conta das novelas globais não terem mais em suas trilhas rock and roll. Radios de rock acabam falindo e o apocalipse artístico está desenhado. Virou um monopólio Sertanejo, FUNK carioca e afins, onde ser corno, traído ou falar 3 silabas vira HIT. Nada contra os artistas que querem viver disso e batalham, muitos merecem, outros não, mas quem sou eu pra julgar? Na música, diferente de muitas áreas vc ser bom não é garantia de comida na mesa. Depende de uma série de fatores que ninguém ainda conseguiu descobrir a formula, se descobrissem ela ia ser consumida rapidamente e viveríamos em um loop eterno em busca da formula perfeita!

O motivo desse post é principalmente por que estou muito contente com esse lançamento! Orgulho da banda, do processo todo de composição, gravação etc! Fazia tempo, desde o Vega que não lançava algo autoral. Ao mesmo tempo realizei aqui no meu face um experimento silencioso para ratificar uma impressão sobre um fenômeno que vivemos hoje em dia. Principalmente envolvendo artistas, músicos etc. A falta de feedback quando o assunto não envolve política, treta ou desgraça própria ou alheia. O mesmo fenômeno acontece na minha fã page (Que vai valer um Post sobre a podres do facebook que e sua fabrica de likes) APOSTO que muitos aqui me seguem na fã page e não conseguem ver meus posts. Pois é, existe explica$$ão pra isso..... Voltando ao assunto. Se detonar alguém algo ou aquele partido político que "amo" chove gente. Se é algo que realmente é bacana, uma música legal, show, ou qualquer post normal, parece que estamos tocando em um boteco pra 10 pessoas. Fica aqui a reflexão, sei que o bizarro atraí, uma bela de uma confusão atrai a atenção, mas não deixem de prestigiar em qualquer plataforma social aquela banda dos amigos que está tentando lançar um trabalho, aquele artista que esta ralando para mostrar qualquer tipo de arte, vamos apreciar uma boa música, peça de teatro ou seja o que for. Somos uma nação doente, temos que admitir isso pois todo dia é desgraça, mas não vamos e não podemos ser totalmente contaminados por isso.

Eu parei de falar de política quando me deparei com o antissemitismo enraizado no Brasil em partidos políticos, existe um limite, eu cheguei no meu, deu asco nojo e liguei o famoso foda-se. Em nome da minha sanidade… Existe formas de sair da sintonia de uma vida só de noticiais ruins ou do bizarro.

Ouçam sons bons, existem bandas sensacionais, músicos espetaculares, artistas sensacionais que merecem a sua atenção muito mais que aquele post, ou notícia que fala dos mesmos filhos da puta de sempre. Saia do bizarro, ouça e faça algo que te faz bem! Prestigie sua sanidade! Fica a reflexão, volto a dizer que seria um sinal sensacional ver um post com um som do PAD com tantos likes quantos os que fiz detonando essa cambada de filhos da puta que nos roubam e zoam com nossa cara todos os dias. Não menosprezem nosso péssimo momento, mas valorizem aqueles que tentam fazer com que tudo fique pelo menos mais leve. Textão mesmo, vale a pena! Abs a todos.

PAD



Postagem original:

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Rolando Castello Junior - Entrevista #6 / final "Made In Brazil, Quantum e Eduardo Araújo"



Convidado: Rolando Castello Junior (baterista e produtor). Líder e fundador do Patrulha do Espaço, Junior também tocou nas bandas Made In Brazil, Aeroblues e Inox.

Parte 6 / final - Junior comenta as bandas que tocou: Made In Brazil e Eduardo Araújo nos anos 70 e a banda Quantum (1983).

Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, roteiro, pauta e edição: Cesar Gavin
Trilha de abertura: "Rock" (Mario Fabre)





Link relacionado:



terça-feira, 13 de junho de 2017

Olho Seco homenageia Kid Vinil




O grupo Olho Seco se apresentou neste sábado no Sesc Pompéia para o relançamento do compacto "Botas, Fuzis e Capacetes" (Nada Nada Discos), clássico disco, lançado em 1983 pela Punk Rock Discos.

Durante o show, Fabião (voz) falou da importância de Kid Vinil na música brasileira e para homengeá-lo pelo falecimento dele no mês de maio, tocaram "Sou Boy", sucesso do grupo Magazine, liderado por Kid.




"Sou Boy"




Links relacionados:



Farufyno ao vivo no Sesc Pompéia (2017)



Farufyno ao vivo no Sesc Pompéia (2017)
Data: 08/06/2017
Fotos e imagens por Cesar Gavin

Fotos

Farufyno



Playlist

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Olho Seco - ao vivo no Sesc Pompéia (2017)

Olho Seco - Foto: Cesar Gavin

Olho Seco ao vivo no Sesc Pompéia (2017)
Data: 10/06/2017
Fotos e imagens por Cesar Gavin

Olho Seco:
Fabião: voz
Val Pinheiro - baixo e vocal
Ricardo Quattrucci - guitarra
Felipe Felipeles - bateria


Fotos

Olho Seco



Playlist





Tom Zé homenageia Kid Vinil



Tom Zé homenageia Kid Vinil (Magazine), falecido em 19 de maio de 2017.

Reportagem, pauta e edição por Cesar Gavin.





Links relacioanados:



Stranhos Azuis ao vivo (2017)

Stranhos Azuis - Foto: divulgação

Gravado Ao Vivo no Mak Áudio e Vìdeo, São Carlos/SP, Brasil.

0:00 - Acordar Pra Vida
4:41 - Sr. Da Razão
11:28 - Bagagem De Mão
16:00 - Dividir Com Meu Amor
19:16 - Oh Ana Rebordosa
23:03 - Andando e Cantando
27:26 - T.A.DC 32:11 - Colarinho Branco
36:29 - Pedras no Caminho
41:49 - Um Cara Comum

Stranhos Azuis:
Danilo Zanite - guitarras e vocais
Daniel Dellelo - baixo
Luciano Matuck - bateria


quarta-feira, 7 de junho de 2017

Ari Baltazar e Miro de Melo - Entrevista "A volta do 365"



O guitarrista e compositor Ari Baltazar e o baterista e cantor Miro de Melo comentam a nova formação da banda 365 e o retorno aos palcos para celebrar os 30 anos de banda

Canal Vitrola Verde
Reportagem de Cesar Gavin


Miro de Melo - Entrevista "Na voz do 365. A volta! (2017)" 





Ari Baltazar e Miro de Melo - Foto: Cesar Gavin


Ari Baltazar - Entrevista "365, Não Diga Adeus (2017)" 

Karl Hummel - Memorial

Karl Hummel
Karl Franz Hummel
Guitarrista e compositor do Camisa de Vênus
+ 06/06/2017


"Se o chão abriu sob os seus pés
E a segurança, sumiu da faixa
Se as peças estão todas soltas 
E nada mais encaixa
Ôh, crianças! Isso é só o fim
Isso é só o fim" 

Nota oficial por Camisa de Vênus

terça-feira, 6 de junho de 2017

Rolando Castello Junior - Entrevista #5 "Patrulha do Espaço, os dossiês"



Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, roteiro, pauta e edição: Cesar Gavin
Fotografia: Marcelo Panda
Trilha de abertura: "Rock" (Mario Fabre)

Convidado: Rolando Castello Junior (baterista e produtor). Líder e fundador do Patrulha do Espaço, Junior também tocou nas bandas Made In Brazil, Aeroblues e Inox.

Nesta parte 5 da entrevista, Junior comentas os álbuns clássicos da Patrulha do Espaço e a coleção Dossiê, lançado pelo selo Baratos Afins.


domingo, 4 de junho de 2017

Violeta de Outono ao vivo (2017)

Violeta de Outono - Foto: Cesar Gavin


Em 27/5/2017, no Sesc Pompéia, a banda Violeta de Outono reuniu sua formação original: Fabio Golfetti (guitarra e vocal), Angelo Pastorello (baixo) e Claudio Souza (bateria) para reproduzir o show de lançamento do primeiro LP da banda, em 1987. Na ocasião também foi relançado o LP em CD, remasterizado.

Imagens e fotos por Cesar Gavin

Fotos

Violeta de Outono


Playlist




O show da época foi gravado por um fã da banda e enviado a Fabio. Escute abaixo:
Data: 13/12/86


sexta-feira, 2 de junho de 2017

Rolando Castello Junior - Entrevista #3 "Patrulha do Espaço, Van Halen e Aeroblus"



Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, roteiro, pauta e edição: Cesar Gavin
Fotografia: Marcelo Panda
Trilha de abertura: "Rock" (Mario Fabre)

Convidado: Rolando Castello Junior (baterista e produtor). Líder e fundador do Patrulha do Espaço, Junior também tocou nas bandas Made In Brazil, Aeroblues e Inox.

Na terceira parte da entrevista, Junior comenta curiosidades sobre as bandas Patrulha do Espaço e Aeroblus, formadas durante a ditadura militar argentina e brasileira. O destaque também é para a vinda do grupo Van Halen a São Paulo em 1983, que teve como show de abertura a Patrulha do Espaço.

Patrulha do Espaço, Van Halen e Aeroblus"

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Rolando Castello Junior - Entrevista #2 "Rockeiro radical tradicional ortodoxo"



Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, roteiro, pauta e edição: Cesar Gavin
Fotografia: Marcelo Panda
Trilha de abertura: "Rock" (Mario Fabre)

Convidado: Rolando Castello Junior (baterista e produtor). Líder e fundador do Patrulha do Espaço, Junior também tocou nas bandas Made In Brazil, Aeroblues e Inox.

Na segunda parte da entrevista, Junior fala sobre o rock brasileiro dos anos 70 e as bandas por onde passou. E surpreende com a notícia de que foi convidado para fazer teste nos Mutantes.

domingo, 28 de maio de 2017

Rolando Castello Junior - Entrevista #1 "Beatles, rua Augusta e o México"



Programa Vitrola Verde
Direção, apresentação, roteiro, pauta e edição: Cesar Gavin
Fotografia: Marcelo Panda
Trilha de abertura: "Rock" (Mario Fabre)

Convidado: Rolando Castello Junior (baterista e produtor). Líder e fundador do Patrulha do Espaço, Junior também tocou nas bandas Made In Brazil, Aeroblues e Inox.

Nesta primeira parte, Junior comenta sobre a influência dos Beatles, Made In Brazil e os Beat Boys para a sua carreira. Curiosidades não faltam! Uma das primeiras bandas que ele montou foi com Guilherme Arantes e o ator Kadu Moliterno. Confira!


segunda-feira, 22 de maio de 2017

Zique Zaw (Nau) - Entrevista "Cazuza, Satisfaction e a guitarra do Frejat"


Nau + Barão Vermelho + Cazuza

Programa Vitrola Verde
Direção, pauta e edição por Cesar Gavin.
Convidado: Zique Zaw (guitarrista). Tocou nas bandas Nau, Céticos & Visionários e Rip Monsters.

Há alguns anos, Zique teve esclerose múltipla, foi submetido a um transplante de medula óssea e ficou impossibilitado de tocar guitarra. Sedento pela música, buscou um novo instrumento para tocar, o serrote.





Link relacionado:

Toni Platão - Entrevista "Toni Platão X Barão Vermelho"

Toni Platão - Fotos: Fátima Costa / divulgação


Por Cesar Gavin

Na #SemanaBarãoVermelho, Toni Platão (cantor da Panamericana e ex-cantor do Hojerizah ) comenta a sua afinidade com o Barão Vermelho.



CG: O site RockBrasileiro.Net está fazendo um homenagem para o Barão Vermelho. Qual a sua ligação com a banda, tendo em vista que gravou a faixa "Marcas no Pescoço", que eles gravavam em 1992?
TP:  Minha relação com o Barão Vermelho, na verdade sempre foi minha ligação com Dé Palmeira (ex-baixista), que é meu amigo desde de 84/85.

O Rodrigo Santos (baixista) também é amigo de longa data. Guto Goffi e Frejat, mais pros anos 90 que nos aproximamos...


CG: Como foi você regravar a faixa, "Marcas no Pescoço"?
T.P.: Nunca ouvi a versão do Barão. Na verdade conheci essa canção com os autores, Chacal e Mimi Lessa.

O Fausto Fawcett fazia uma noite num inferninho em Copacabana, "quintas do inferno", e fui dar uma "canja" com ele, junto com a banda. Vi Chacal (poeta) cantando "Marcas no Pescoço" com Mimi na guitarra. A performance que vi do Chacal foi esmagadora! Parecia que estava possuído por algum Orixá. Devia estar...

Ernesto Neto (artista plástico), fazia as ambientações. A casa estava sensacional. Fui dar essa canja e voltei pra canjear mais umas 3 ou 4 semanas... e olha que odeio dar canja. A partir disso, resolvi gravar essa faixa.



CG: E como foi a sua gravação?
Na época, eu estava em estúdio com Dado Villa-Lobos, fazendo o álbum "Calígula Freejack" e resolvemos gravar. Dado também canjeou nesse dia comigo junto com o Fausto.

No disco, gravo com Chacal, Dado e Mimi nas guitarras, Carlos Laufer no baixo e uma bateria eletrônica.





CG: Qual música você destaca do Barão Vermeho?
TP: Várias, mas tem uma gostei muito do arranjo é "Malandragem dá Um Tempo", com o Bezerra da Silva.


Barão Vermelho "Marcas no Pescoço"




Toni Platão "Marcas no Pescoço"





Barão Vermelho +Bezerra da Silva "Malandragem dá Um Tempo"





Link relacionado:


sábado, 20 de maio de 2017

Artistas homenageiam Kid Vinil - Memorial


Kid Vinil - Foto: divulgação / Internet
*10/03/1955
+19/05/2017

O cantor, apresentador e radialista Kid Vinil morreu na tarde desta sexta-feira (19/05/2017) em São Paulo, depois de passar mais de um mês internado. Ele passou mal depois de um show em Conselheiro Lafaiete (MG), e foi levado a um centro médico da cidade.

Artistas homenageiam Kid Vinil - Memorial


Trinkão (baterista do Magazine e Verminose): KID!!! que um coral de anjos, lhe receba com cânticos e aplausos bjo carinhoso, fique com DEUS!


Lu Stopa (baixista do Magazine e Verminose): Estava ensaiando aqui no teatro da APCD e recebi a notícia que perdi um amigo de quase 40 anos.
















Fabio Gasparini, o Ted Gaz (guitarrista do Magazine): KID VINIL UM POUCO DE NOSSA HISTÓRIA MUITO DE AGRADECIMENTO Quando fui trabalhar na Continental Discos em 1979 já fazia alguns anos que tinha abandonado a ideia de viver em grupo de rock. Antes anônimo por lá, minha identidade secreta como guitarrista começou a se espalhar. E assim que ficou sabendo, Kid Vinil passou a frequentar minha sala. Trazia discos e revistas importadas, dizendo: ”leve esse LP pra casa, é uma banda nova…”, tentando me seduzir enquanto explicava as novidades do punk e new wave a esse então descrente ex-rocker que havia parado no progressivo. Não demorou muito para me convidar ao ensaio de seu grupo, ao lado dos parceiros Trinkão e Lu Stopa que, numa união deslumbrante, viria a se tornar o estouro nacional MAGAZINE a partir de 1983. Sorte a minha ter encontrado na persistência de Kid Vinil a oportunidade única de alcançar um lampejo de sucesso, o qual tanto almejei mas sempre me escapava. Não fosse a força, a garra, o ímpeto de Kid isso não teria acontecido. Meu foi o privilégio em desfrutar de sua total dedicação àquele ambiente “punki niu uê” das periferias vibrantes, que fez renascer em mim a mesma paixão que havia desaparecido. Kid Vinil reluz rock way of life, 24 horas por dia, non-stop, o mesmo que tanto havia impulsionado meus sonhos tempos atrás. Conquistou tantos amigos e admiradores com seu carísma, conhecimento, arte e extravagância em puro instinto. Em gratidão a Kid Vinil, junto-me aos amigos de jornada no rock de alto estilo, Trinkao Watts e Luiz Lu Stopa, com todos que compartilharam nossa convivência. Lembranças e preces em seu caminho de sons e Luz. Exuberante como sempre. Fabio Gasparini (Ted Gaz) com Trinkao Watts e Luiz Lu Stopa Raise In Peace, Eternal Friend (Fernando Naporano)




Rodrigo Santos (baixista do Barão Vermelho): Descanse em paz Kid Vinil , um dos caras mais bacanas da música brasileira . Alma muito boa, estará num lugar melhor do que aqui , com certeza ....









Sergio Facci (baterista do Vodu, 3 In The Box, Fenícios, ex-Volkana, ex-Viper): O que dizer em uma hora dessas? Somente temos que agradecer a este "cara" que no inicio do rock e mais especificamente do metal no Brasil apoiava demais as bandas que pediam espaço !! E ele nos colocava em seus programas de radio e TV sem nunca pedir nada em troca !! É isso aeee ... Valeu Antonio Senefonte #Kidvinil ... OBRIGADO !! VODU Vodu Trinta Anos VOLKANA e muitas outras bandas agradecem todo o espaço por você aberto !! Valeu !!!







Ritchie (cantor, músico e compositor): RIP Antonio Senefonte (Kid Vinil). Adeus amigo querido. Sala de aula com o Professor Kid Vinil em 2004. Obrigado, Mestre querido, por tudo que você me ensinou. Rock on forever












Foto postada por Kuki Stolarsky (baterista do Zeca Baleiro e Karnak - Tocou com Kid Vinil e os Heróis do Brasil)










Kiko Zambianchi (cantor, compositor, músico): Valeu muiiiito Kid Vinil!!Descanse em paz.

Luiz Thuderbird (cantor e músico no Devotos de Nossa Senhora Aparecida): Amigos, acabei de receber a mais triste notícia de que meu amigo e professor Kid Vinil faleceu hoje a tarde. Muita tristeza! #RipKidVinil

Ary Holland (tecladista no Kid Vinil e os Heróis do Brasil): Triste pela notícia que acabou de chegar a mim . Um parceiro de uma grande época  da minha vida e de alguns colegas, nos deixou hoje. Fique com Deus e descanse em paz Kid Vinil, um Herói do Brasil.

Fernando Deluqui (guitarrista do RPM): Kid se foi...um dos mais legais. Tive o prazer de trabalhar com ele e vou sentir saudades. Não só do artista que era único e muito seguro mas da pessoa, muito tranquila e inteligente...esse era parceiro mesmo...vai fazer falta nas gigs oitentistas, com convidados...como foi no espetacular show no Esporte Clube Pinheiros ou no Johnny Wash. Esse último rendeu um super bate papo pro Deluqui Nau que vou reeditar e por no ar num dos próximos episódios...Perda irreparável.....vai deixar muitas saudades.#kidvinil #rocknacional

Frejat (cantor, produtor, músico e compositor): Estou muito triste por saber do falecimento de meu querido amigo Kid Vinil.Uma figura sempre gentil, inteligente, carinhosa e generosa com seus amigos e seus companheiros amantes da música.Querido amigo, que você vá por uma bela trilha de luz! Beijo do amigo Frejat.

Evandro Mesquita (cantor e compositor na banda Blitz): Kid Vinil nos deixou... o céu ficou mais rock and roll 

Val Pinheiro (baixista da banda Cólera): Mais um gigante, que dedicou a vida para fortalecer a cena ROCK nos deixou hoje. descanse em PAZ  Kid Vinil.

Ayrton Mugnaini Jr. (músico e escritor. Tocou baixo no Magazine na segunda formação): Três de meus grandes orgulhos são ter co-produzido com Kid o programa Digital Session na Brasil 2000, ter Integrado o Magazine na época do CD Na Honestidade e estar presente na bela biografia de Kid escrita por Duca Belintani. Kid é padrinho de meu filho, que também é seu fã.

Carlos Finho (cantor, poeta, músico e compositor - 365 e M.M.D.C.): "Sempre achei espantosa a devoção que Kid tinha por seu cão, Kosmo. Por quê um dos melhores comunicadores que já conheci tem como objeto de sua devoção uma criatura que não sabe falar? Hoje, comtemplei Kosmo deitado ao lado do corpo inerte daquele que o amou incondicionalmente... Foi a última lição do mestre!" 

Edu Gomes (guitarrista, compositor e produtor): Puxa vida Kid Vinil nos deixou hoje!Que sua jornada siga brilhando e com paz no coração! 

André Christovam (guitarrista, cantor, compositor e produtor): Sem Kid Vinil vocês jamais teriam ouvido o guitarrista André Christovam. Sem a confiança dele, eu jamais seria um compositor de letras em português. Eu devo minha carreira à ele! Perdi mais um irmão, mas a vida segue, enquanto eu tocar, meus melhores riffs serão pra ele! Vai Kiddão, vai direto que a Mama Cida te espera de braços abertos!






Paulo Zinner (baterista da Paulo Zinner Rockestra, ex-Rita Lee e ex-Golpe de Estado) e esposa Marta Braga: E o valente e verdadeiro Herói do Brasil cantou e subiu!🎶 Adeus, adeus... Boa viagem...🎶Nosso amigo boy herói Kid Vinil... Vá com Deus e Nossa Senhora!! #prasempreoboyheroi #kidvinil














Marcos Kleine (guitarrista, produtor e compositor - Ultraje a Rigor, Vega, PAD e Jam 80): Descanse em paz meu amigo..Sentiremos muito sua falta.Rip Kid Vinil.....








Clemente (guitarrista, apresentador, compositor e cantor dos Inocentes e Plebe Rude): Valeu Kid Vinil!















Miro de Melo (baterista do Lixomania e 365 e cantor no Miro de Melo e Bragapunks): Estamos muito tristes,sem chão novamente,fica a sua alegria, sua sabedoria,seu bom humor e seus ensinamentos,sempre vivo e eterno em nossos corações.Descanse em Paz Amigo!!!






Eduardo Amarante (guitarrista das bandas Zero, Azul 29 e Agentss): Uma enorme perda pro rock! Lembro que no lançamento do primeiro compacto do Agentss, ele me recebeu super bem e me entrevistou no seu programa da rádio Excelsior, em que tocou também as duas faixas "Agentss e Angra". Ia sempre nos shows e era um dos maiores colecionadores e conhecedores de toda a história do rock, além de músico, produtor, radialista e agitador cultural. Também me ajudou muito quando estivemos em Nova York, onde comprei equipamentos para o estúdio que depois fundei com Ricca Galdeano e Silvia Cobelo, o Quadrophenia, responsável por inúmeras demo tapes dos 80. Deixa muitas saudades e em homenagem a ele uma foto das antigas em 83 no hotel em que nos hospedamos no "Village" em N.Y. em 83...R.I.P. amigão!

Bacalhau (baterista do Ultraje a Rigor): Triste com a notícia do falecimento do mestre Kid Vinil. Descance em paz.


André Youssef (tecladista no Tritono Blues e Jam 80): DMuito triste. Nosso amigo Kid Vinil nos deixou hoje depois de lutar mais um mês no hospital...Essa foto é da primeira vez que toquei com ele em 2011.Vai fazer muita falta...#ripkidvinil #kidvinil













Tom Zé (cantor, compositor e músico): Para Kid, minha saudade, minha gratidão. Menores do que a risada e a bondade dele. É duro pensar em não vê-lo mais.














Tom Zé comenta sobre o Kid Vini no Vitrola Verde





João Gordo (cantor do Ratos de Porão, apresentador dos programas Panelaço, Eletrogordo e Tiki Nervioso): Kid querido... meu professor ... descanse em paz!














Rogério Martins (guitarrista do Lixomania e Skamoondongos, ex-Loback e ex-Fogo Cruzado): Descanse em Paz Kid, muito obrigado por ter me dado a honra e o prazer de estar nessa fotografia contigo Abs.

Na foto,  Banda Loback - Participação Especial - KidVinil




Arnaldo Antunes (cantor e compositor): Valeu, Kid Vinil!



Bacalhau (baterista do Monstros Do Ula Ula e ex-Planet Hemp e ex- Autoramas): Obrigado por tudo Antonio Senefonte você me ensinou muito não tenho palavras para agradecer tamanho amor e gratidão que tenho por você. Boa viagem eterno Kid Vinil seus ensinamentos não serão esquecidos.








Canisso (baixista dos Raimundos): Em 1993, TOCAMOS NO JUNTATRIBO, em Campinas, 2 vezes, a segunda teve um sabor especial, fomos convidados pelo Kid Vinyl, ANTENADASSO, pra dentre todas as bandas ali, tocarmos em seu horário pois o guitarrista vinha de SP e estava atrasado, Ali tive a oportunidade de conhecer e mais tarde fazer amizade com um dos meus heróis dos anos oitenta, não só dos muitos hits que compôs pra trilhas de novela, mas também de pérolas como " pau na marginal" que a gente usava como trilha sonora pra dar couro de carro...seus programas na rádio, o boca livre na cultura, entre tantos e tantas rádios, 97, 89, brasil 2000, eram verdadeiras aulas de ROCK, de todas as tendências e estilos...Antonio Senefonte, vc nos deixou hj, vai fazer muita falta, mas o KID VINYL, esse é eterno, vive em nossas memórias afetivas e musicais...PQP, DEUS, tanto FDP que passa por essa vida só pra se dar bem em cima dos outros e parece que vc só leva os bons?Dá uma passadinha no primeiro escalão desse desgoverno e leva alguns também, leva 100 desses que não vão fazer falta nenhuma...

Tadeu Dias (guitarrista do Mavericks, ex-Golpe de Estado e Oitão): A missão do Kid Vinil nessa terra foi muito bem realizada. Toda uma geração de Rockeiros, fãs de Música, e Músicos, como eu, conheceram e descobriram muitos sons, muitos estilos, muitos discos e muita Música, graças a ele, aos seus programas e ao seu conhecimento. Enfim Obrigado KID.

Roberto de Carvalho (guitarrista, compositor e produtor - Rita Lee): RIP KID!

Ariel (cantor do Invasores de Cérebro): Triste...Mais um amigo se foi... Que a terra lhe seja leve, Kid Vinil

Betinho Massaretii (baterista do Periferia SA e Kolapso 77, ex-Ratos de Porão): PROFESSOR DO PUNK ROCK.TROUXE TUDO DE FORA PARA NOS APRESENTAR COM SEU PROGRAMA DE RÁDIO. VALEU, KID! FIQUE COM DEUS, AMIGO.


Ari Baltazar (guitarrista e compositor do 365, M.M.D.C. e Fogo Cruzado): Tive o prazer de dividir muitas vezes o palco com o Kid Vinil...momentos incríveis antes durante e depois dos shows...sempre agradável sempre ensinando sempre aprendendo


Duca Belintani (guitarrista e escritor do livro "Kid Vinil, o Herói do Brasil": O querido amigo e parceiro nos deixou hoje.Fico com essa imagem da sua alegria e generosidade.Vou sentir muitas saudades das conversas e dos sons.O céu vai ficar mais alegre e nós ficamos mais tristes aqui.Vai lá Kid, O Herói do Brasil.




Autoramas (banda com Gabriel Thomaz e Érika Martins): Perdemos um amigo querido e o Brasil perdeu um professor generoso, talentoso e amável. 😞😭 #rip #kidvinil







Alf Sá (músico e compositor): Nosso mestre Kid Vinil Antonio Senefonte , o verdadeiro Herói do Brasil, se foi depois de muita luta.Cara legal, sempre com um sorriso no rosto e um amor muito sincero à musica. Tive a sorte de tê-lo como parceiro de gravadora, onde escreveu release pro primeiro álbum do Rumbora e atuou como diretor da escola no clipe da nossa zuera "Veste o Uniforme".Sempre extremamente afetuoso e generoso, esse sabia tudo.Vai em paz, Kid!Nunca esqueceremos de você, meu velho




Julio Cesar (cantor do Gueto): Querido amigo Kid, eu e uma legião de fãs e amigos vamos sentir muito a sua falta. Sempre vou lembrar dos nossos papos fonográficos e tudo o que aprendi com vc. Que fique pra nós toda sua generosidade e ética. Descanse em paz, amigo













Olho Seco toca "Sou Boy"






Mais










Link relacionados: