sábado, 12 de novembro de 2016

Cólera - Show de 30 anos do "Pela Paz Em Todo Mundo




Show de 30 anos do "Pela Paz Em Todo Mundo" 05/11/2016 no Sesc Pompéia em São Paulo

Desde sua apresentação no histórico festival O Começo do Fim do Mundo, em 1982, o caminho dos paulistanos do Cólera passou algumas vezes pelo Sesc Pompeia. Esse encontro se repete mais uma vez para celebrar os 30 anos de Pela Paz em Todo Mundo, segundo disco da banda e um dos álbuns mais influentes do punk rock brasileiro.

Formado em 1979, o Cólera foi um grupos pioneiro do punk no país e logo chamou a atenção de público e crítica com um forte discurso pacifista e uma visão única sobre como ser um artista independente. Além de ser um dos fundadores da gravadora Ataque Frontal, que lançou não só discos do Cólera como também coletâneas e álbuns de outros grupos punks, o guitarrista e vocalista Redson Pozzi também criou o Centro Informativo Cólera (CIC), que muito antes da internet e das mídias sociais, utilizava os serviços do correio para vender discos, camisetas, fanzines e fazer contato com pessoas de dentro e fora do Brasil.

Foi graças a essa rede de contatos internacionais que em 1987 o Cólera foi a primeira banda independente brasileira a fazer uma turnê europeia. Foram cinco meses de viagem em que o grupo passou por 10 países e se apresentou em 56 shows. Em diversas ocasiões, os shows aconteciam em squats, grandes casarões abandonados invadidos por punks para se transformarem em moradias coletivas e centros culturais.

Até falecer em 2011, vítima de hemorragia interna causada por uma úlcera, Redson se manteve fiel aos princípios punks de independência e do faça você mesmo. Por isso o show de comemoração aos 30 anos de Pela Paz em Todo Mundo também é um tributo a seu antigo líder e a trajetória de banda, que ganhou novo fôlego com a entrada de Wendel Barros no vocal, ex-roadie da banda e discípulo dos ideais de Redson.

A apresentação teve a participação especial de figuras clássicas do punk nacional como Fábio da Olho Seco, banda que teve sua origem a partir de um ensaio do Cólera em 1980 e Sandra Coutinho, baixista e vocalista da banda de pós punk feminino As Mercenárias.

"Funcionários"- Imagens de Mário Grind



Cólera - Foto de Silmara Oliveira
Pela Paz - Imagens de João Noronha

Nenhum comentário:

Postar um comentário