DVD com sons ao vivo e histórias dos inevitáveis da banda Tomada

Tomada - Foto: Victor Daguano

É possível fazer rock autoral independente no Brasil

O tempo passou, desde que Pepe Bueno (baixo)  montou a banda há treze anos atrás, que logo em seguida teve como frontman Ricardo Alpendre. Foram três álbuns lançados, muitos shows e histórias inevitáveis de uma tradicional banda de rock. A Tomada é diferenciada por ter um trabalho autoral, cantado em português e totalmente independente, motivo de sobra para ser uma das bandas de rock mais atuantes na Internet.

Tudo registrado com discos e doses, bares em que tocaram e histórias de vizinhos que tiveram seu sono interrompido, além de policiais que precisaram ser acalmados.

O DVD "XII – Estradas, Sons e Estórias na Terra do Rock Tupiniquim", lançado pelo selo Coaxo do Sapo é dividido em quatro partes. Contém um documentário sobre os anos de carreira do grupo, parte de uma apresentação em 2012 no Centro Cultural (São Paulo), todos os clipes realizados, e ainda um making of do terceiro CD, "O Inevitável".

Destaque para a faixa "Catarina" (Pepe Bueno, Ricardo Alpendre e Fabio Cascadura), uma das minhas preferidas que tem videoclipe e ao vivo numa versão mais acústica filmada no Centro Cultural São Paulo.

A formação atual da banda é Pepe Bueno (baixo) e Ricardo Alpendre (voz), Paulo Navarro (bateria), Mateus Schanoski (teclado) e Vagner Nascimento (guitarra).

0

Sepultura e Zé Ramalho ("Zépultura") no Rock in Rio



Ontem foi o segundo dia de Heavy Metal no Rock in Rio. E mais uma vez o Sepultura mostrou que está um passo a frente da música universal. Misturou seu Speed Metal com o Folk Rock, Forró e MPB de Zé Ramalho, que gravou discos antológicos como os dois primeiros álbuns de títulos homônimos, "Nação Nordestina" e "Paêbirú" (este piscodélico e raríssimo ao lado do Lula Cortez).

Na primeira metade do show, o Sepultura tocou faixas do começo de carreira que fazem parte dos álbuns "Arise", "Chaos A.D." e "Beneath the Remains". Zé Ramalho entrou na metade do show para interpretar seus clássicos "Dança das Borboletas", Admirável Gado Novo", "Jardim das Acácias" e "Mote das Amplidões". Melodias preservadas com o peso das guitarras de Andreas, o grave do baixo de Paulo Xisto, a percussão de Derrick Green e a porrada da bateria de Eloy Casagrande.

Andreas intitulou o show como Zépultura, e foi ouvido em coro pela gigantesca platéia. Aí está a prova de que o Heavy Metal abre fronteiras e invade a música brasileira. Basta abrirmos a mente.
  
Data: 22/09/2013

Set list:
Dark Wood of Error
Inner Self
Propaganda
Dusted
Spit
The Hunt
(New Model Army cover)
Da Lama ao Caos
(Nação Zumbi cover)
A dança das borboletas
(Zé Ramalho cover) (with Zé Ramalho)
Jardim das acácias
(Zé Ramalho cover) (with Zé Ramalho)
Mote Das Amplidões
(Zé Ramalho cover) (with Zé Ramalho)
Em Busca do Ouro
(Andreas Kisser song) (with Zé Ramalho)
Ratamahatta
(with Zé Ramalho)
Admirável gado novo
(Zé Ramalho cover) (with Zé Ramalho)

0

Nasi - Feitiço na Rua 23 (videoclipe)


O cantor Nasi divulga novo videoclipe do seu último álbum "Perigoso", lançado em 2013.


Música : Feitiço na Rua 23
Autores : Nasi e Nivaldo Campopiano
Concepção , roteiro , ilustrações, edição e direção : Flavio Meirelles




0

Banda Panamericana no Uruguai


A banda Panamericana é formada por reconhecidos artistas brasileiros (Dado Villa-Lobos, da Legião Urbana na guitarra; Dé Palmeira, da formação original do Barão Vermelho no baixo; Charles Gavin, dos Titãs na bateria; e nos vocais Toni Platão, que integrou a banda Hojerizah nos anos 80). Eles tem como objetivo estreitar e fortalecer os vínculos culturais e musicais do Brasil com os países irmãos com versões em português de algumas das mais importantes canções do rock hispanoamericano,

O repertório inicial está direcionado para o cone sul (Argentina, Chile e Uruguai) com versões de clássicos dos artistas Spinetta, Fito Páez, Soda Stéreo, Sumo e Charly García, assim como também músicas das novas gerações de La Vela Puerca, Mersey, No te Va Gustar e Babasónicos.

Em outubro a banda fará um show em Montevidéu (Uruguai) para iniciar o eixo latino-americano. Vale lembrar que o grupo é empresariado pelo renomado consultor de marketing artístico, o uruguaio Carlos Taran (Legião Urbana, Titãs, entre outros) que atuou também na Argentina, Espanha e Uruguai.

Abaixo uma amostra do álbum da Panamericana que está sendo gravado, com lançamento previsto para o inicio de 2014. A faixa chama-se "Flores En Mi Tumba", sucesso da banda uruguaia Los Traidores.



Links relacionados:
0

Alceu Valença "Pelas Ruas que Andrei" (documentário)

Alceu Valença - Foto: divulgação

Canal Bis, 2013

Documentário 'Pelas Ruas Que Andei'. O pernambucano, autor de sucessos como "Anuciação", "La Belle de Jour", "Tropicana", "Coração Bobo", entre outros é um cidadão do mundo, que vive a música e o tempo.


0

Mario Fabre no Vitrola Verde - Disco novo! Titãs, ZFG Mob e turnês



Programa Vitrola Verde
Direção e apresentação: Cesar Gavin
Fimado por Curta Ideia
Trilha de abertura: "Rock" (Mario Fabre)
Data: 2013

"Foi uma grande honra pra mim participar deste grande projeto e ter gravado ao vivo uma releitura desse disco que fez parte da minha vida..." (sobre CD / DVD "Cabeça Dinossauro Ao Vivo com os Titãs)

Mario Fabre e Cesar Gavin


Há três anos e meio tocando nos Titãs, o baterista Mario Fabre lança seu terceiro disco solo instrumental, o "11 8", acompanhado dos músicos Eric Budney e Zé Ruivo.

Neste episódio, Mario fala sobre família, comenta como foi a elaboração do novo álbum, gravação e composição e ainda conta
como anda sua carreira em uma das bandas mais importantes do Brasil, como foram a gravação do CD / DVD "Cabeça Dinossauro Ao Vivo" e as apresentações no Rock in Rio. Com todo o tempo tomado, ele está gravando o segundo disco da banda ZFG Mob ao lado de Edu Gomes e Fábio Zaganin.



0

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com